header top bar

section content

Jogador da Colômbia Armero é preso nos EUA por agredir mulher em hotel

Lateral colombiano, que jogou no Palmeiras e no Flamengo, foi detido em Miami

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

01/06/2016 às 13h18

Pablo Armero, em jogo pela Colômbia: histórico de violência em família(Mauricio Dueascastaeda/EFE/VEJA)

O lateral colombiano Pablo Armero, ex-Palmeiras e Flamengo, foi preso nesta terça-feira acusado de agredir a mulher em um hotel de Miami, nos Estados Unidos. O jogador de 29 anos não foi convocado para a Copa América Centenário, mas passa as férias nos EUA. Segundo a TV CBS, Armero foi preso no Metropolitan Hotel de Miami após reclamações de hóspedes dos quartos vizinhos. Quando a polícia chegou, encontrou tufos de cabelo no chão do quarto e uma falha no couro cabeludo da mulher do jogador, Maria Bazan.

Chorando, a mulher contou que ela e Armero saíram para beber e, na volta ao hotel, negou investidas sexuais do marido. Irritado, o jogador pegou uma máquina de cortar cabelo, puxou Maria pelo braço e cortou seu cabelo.

Segundo o boletim policial, Armero alegou que a mulher pediu para que ele cortasse seu cabelo, o que foi negado pela vítima. Segundo Maria, já havia histórico de violência doméstica entre os dois.

Armero, jogador da Udinese, da Itália, foi levado a uma instituição de carceragem e, segundo a imprensa americana, não se sabe se o jogador contratou um advogado.

No final do ano passado, o jornal “O Dia” informou que Armero, então jogador do Flamengo, foi encontrado pela mulher e filhos com duas prostitutas na cama. Na ocasião, tanto o jogador quanto mulher negaram a situação.

Veja com Gazeta Press

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’