header top bar

section content

Técnico critica a má atuação do Sousa na estreia na Série D: “Nada justifica”

Técnico alviverde reclama da postura do time na derrota por 2 a 0 para o Globo FC, no Marizão, e promete mudanças para a partida de domingo, contra o América-PE

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/06/2016 às 08h09 • atualizado em 13/06/2016 às 08h41

Tazinho reclama da postura do Sousa contra o Globo FC (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Gol contra, derrota em casa, lanterna do grupo. O Sousa não começou nada bem a sua caminhada na Séria D do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, o Dinossauro perdeu por 2 a 0 para o Globo FC no Estádio Marizão. Para o técnico Tazinho, que mexeu um bocado no time, a atuação do Alviverde é absolutamente reprovável. Em tom duro ao fim da partida, ele prometeu que é preciso mudar para poder se recuperar do baque.

– A gente sabia que seria um partida difícil. A equipe deles joga muito bem e já vinha forte deste o Campeonato Potiguar. Mas nada justifica essa partida que a gente fez hoje – disse Tazinho à imprensa após a partida.

O Sousa começou a partida desligado e viu o Globo FC construir a vitória em apenas 24 minutos. E os potiguares abriram o placar numa falha, no mínimo, de comunicação no setor defensivo do Dinossauro. Aos 11 minutos, o zagueiro Luís Paulo tentou recuar de cabeça, mas fez isso no momento em que o goleiro Ricardo já se posicionava para sair para o jogo. Resultado: gol contra e adversário à frente no placar. Depois, aos 24, a defesa vacilou de novo e Pablo, sem ser incomodado, aproveitou cruzamento e cabeceou para as redes.

Tazinho, que já tinha não pôde contra com Eduardo Rato, começou o jogo com Dênis na lateral direita. Mas o jogador tomou cartão amarelo logo aos sete minutos. Por isso, foi substituído aos 17 pelo estreante Tarcísio, e o meio-campista Danilo foi improvisado lá pelo lado direito.

No ataque, Raphael Freitas e Manu tentavam dar movimentação ao time, mas apenas o primeiro apareceu com algumas boas oportunidades, enquanto que o segundo pouco participou efetivamente do jogo.

E Tazinho precisou mexer mais. Tirou Luís Paulo no intervalo e colocou Gilmar. E já com a bola rolando no segundo tempo, trocou Gil Pernambucano por Rodrigo Poty. O time foi melhor na segunda etapa. Pressionou. Sem muita criatividade, é verdade, e errando muito no último passe. Mas foi menos omisso que no primeiro tempo. E a tendência é que os 11 que comecem a próxima partida não sejam os mesmos que iniciaram hoje.
– Tem que ter mudança. O time melhorou no segundo tempo, teve outra postura, dominou o jogo. Temos que conversar e melhorar – resumiu Tazinho.

Com o estreante meia Tarcísio em campo, a movimentação do time foi melhor. Gilmar também entrou bem e assustou lá no ataque, chegando perto de fazer o gol do Sousa, que agora tem uma semana para se preparar para o próximo duelo. O Dinossauro vai até o interior de Pernambuco encarar o Atlético-PE. A partida está marcada para as 16h do próximo domingo. Daqui até lá, Tazinho deve mostrar o que vai ser diferente na próxima formação do Alviverde, que apenas deu seu primeiro passo na tentativa de conseguir o acesso à Série C de 2017.

GE

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada