header top bar

section content

Técnico critica a má atuação do Sousa na estreia na Série D: “Nada justifica”

Técnico alviverde reclama da postura do time na derrota por 2 a 0 para o Globo FC, no Marizão, e promete mudanças para a partida de domingo, contra o América-PE

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/06/2016 às 08h09 • atualizado em 13/06/2016 às 08h41

Tazinho reclama da postura do Sousa contra o Globo FC (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Gol contra, derrota em casa, lanterna do grupo. O Sousa não começou nada bem a sua caminhada na Séria D do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, o Dinossauro perdeu por 2 a 0 para o Globo FC no Estádio Marizão. Para o técnico Tazinho, que mexeu um bocado no time, a atuação do Alviverde é absolutamente reprovável. Em tom duro ao fim da partida, ele prometeu que é preciso mudar para poder se recuperar do baque.

– A gente sabia que seria um partida difícil. A equipe deles joga muito bem e já vinha forte deste o Campeonato Potiguar. Mas nada justifica essa partida que a gente fez hoje – disse Tazinho à imprensa após a partida.

O Sousa começou a partida desligado e viu o Globo FC construir a vitória em apenas 24 minutos. E os potiguares abriram o placar numa falha, no mínimo, de comunicação no setor defensivo do Dinossauro. Aos 11 minutos, o zagueiro Luís Paulo tentou recuar de cabeça, mas fez isso no momento em que o goleiro Ricardo já se posicionava para sair para o jogo. Resultado: gol contra e adversário à frente no placar. Depois, aos 24, a defesa vacilou de novo e Pablo, sem ser incomodado, aproveitou cruzamento e cabeceou para as redes.

Tazinho, que já tinha não pôde contra com Eduardo Rato, começou o jogo com Dênis na lateral direita. Mas o jogador tomou cartão amarelo logo aos sete minutos. Por isso, foi substituído aos 17 pelo estreante Tarcísio, e o meio-campista Danilo foi improvisado lá pelo lado direito.

No ataque, Raphael Freitas e Manu tentavam dar movimentação ao time, mas apenas o primeiro apareceu com algumas boas oportunidades, enquanto que o segundo pouco participou efetivamente do jogo.

E Tazinho precisou mexer mais. Tirou Luís Paulo no intervalo e colocou Gilmar. E já com a bola rolando no segundo tempo, trocou Gil Pernambucano por Rodrigo Poty. O time foi melhor na segunda etapa. Pressionou. Sem muita criatividade, é verdade, e errando muito no último passe. Mas foi menos omisso que no primeiro tempo. E a tendência é que os 11 que comecem a próxima partida não sejam os mesmos que iniciaram hoje.
– Tem que ter mudança. O time melhorou no segundo tempo, teve outra postura, dominou o jogo. Temos que conversar e melhorar – resumiu Tazinho.

Com o estreante meia Tarcísio em campo, a movimentação do time foi melhor. Gilmar também entrou bem e assustou lá no ataque, chegando perto de fazer o gol do Sousa, que agora tem uma semana para se preparar para o próximo duelo. O Dinossauro vai até o interior de Pernambuco encarar o Atlético-PE. A partida está marcada para as 16h do próximo domingo. Daqui até lá, Tazinho deve mostrar o que vai ser diferente na próxima formação do Alviverde, que apenas deu seu primeiro passo na tentativa de conseguir o acesso à Série C de 2017.

GE

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan