header top bar

section content

Na Série D, Sousa vira para cima do Galícia-BA e sonha com a próxima fase

Com dois gols de Rodrigo, Dinossauro conseguiu virar o jogo em Jacobina-BA

Por Jocivan Pinheiro

03/07/2016 às 20h48

Sousa, todo de verde, derrota o Galícia de virada na Bahia (Foto: Daniel Dalence)

Sousa, todo de verde, derrota o Galícia de virada na Bahia (Foto: Daniel Dalence)

Foram três minutos de apagão do Sousa e o Galícia soube aproveitar bem e marcar seus dois gols com João Carlos (21) e Asley (24), ainda no primeiro tempo. Foi então que começou a reação do Dinossauro. Leandro diminuiu para os visitantes no fim da etapa inicial e Rodrigo, com seus dois gols, aos 25 e 30, empatou e virou para os visitantes.

Após os três gols no primeiro tempo, a segunda etapa foi menos intensa. Até que Rodrigo resolveu aparecer e empatar para o Sousa. Aos 25, Leandro recebeu bola em profundidade pela direita e mandou por baixo para a pequena área. Rodrigo dominou e empatou o jogo. Cinco minutos depois, ele recebeu na entrada da área, tirou da defesa e ficou cara a cara com Gutierre, então chutou no canto esquerdo e deu a vitória ao Alviverde.

Duas vitórias, seis pontos e um sonho ainda para chamar de seu. É assim que o Sousa volta para casa. Com as duas vitórias sobre o Galícia e a derrota do América-PE para o Globo FC, o Dinossauro encosta no líderes e ainda tem chances de chegar na próxima fase.

No próximo sábado, o Sousa recebe o América-PE, a partir das 16h, no confronto direto pela segunda colocação do Grupo A7. Já o eliminado Galícia, recebe o já classificado Globo FC, no domingo, às 16h.

DIÁRIO DO SERTÃO com GloboEsporte.com/PB

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor