header top bar

section content

Jogos vão custar R$ 32 milhões por dia aos cofres públicos

Valor é referente aos gastos com os 17 dias da Olimpíada e com os 12 dias da Paralimpíada

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

02/08/2016 às 13h16 • atualizado em 02/08/2016 às 13h22

Gastos com os dias de olimpíadas (Foto: Reuters / Kai Pfaffenbach)

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 vão custar aos cofres públicos pelo menos R$ 31,9 milhões por dia. Esse valor foi calculado pelo UOL, com base nos itens que não terão utilidade após as competições, e corresponde a cada um dos 29 dias dos dois eventos.

 A conta somada dá R$ 925,7 milhões e inclui gastos com aluguel de estruturas provisórias, serviços temporários, pagamentos de diárias, consultorias, e da candidatura do Rio à sede dos Jogos de 2016.

O dinheiro sai dos cofres da prefeitura, do governo federal, do governo do Estado do Rio e dos Estados que vão receber partidas de futebol.

Veja a lista com todos os gastos temporários e sem legado dos Jogos Olímpicos:

Arquibancada temporária no Engenhão – R$ 22 milhões

Arquibancada temporária no Parque de Deodoro – R$ 68,5 milhões

Arquibancada temporária no Parque Olímpico – R$ 7,8 milhões

Passarelas temporárias – R$ 18 milhões

Estações temporárias de BRT – R$ 1 milhão

Operação do Centro de Hipismo e Vila dos Tratadores – R$ 1,5 milhão

Operação do Centro Olímpico de Tênis – R$ 1,5 milhão

Boulevard Olímpico na zona oeste do Rio – R$ 2,1 milhões

Centro de imprensa Rio Media Center – R$ 1,8 milhão

Operação de ambulâncias – R$ 30 milhões

Geradores de energia para região do Maracanã – R$ 85 milhões

Geradores de energia para região da Barra – R$ 290 milhões

Custeio da Autoridade Pública Olímpica – R$ 72,5 milhões

Custeio da Sesge (Secretaria de Segurança de Grandes Eventos) – R$ 46,2 milhões

Diárias de agentes da Força Nacional – R$ 48,7 milhões

Consultorias contratadas pelo Ministério do Esporte – R$ 113,8 milhões

Custos com a candidatura – R$ 89,9 milhões

Estrutura temporária para estádio Mané Garrincha – R$ 7 milhões

Estrutura temporária para Arena da Amazônia- R$ 8,4 milhões

Estrutura temporária para estádio Fonte Nova – R$ 10 milhões

TOTAL – R$ 925,7 milhões

Notícias ao Minuto

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!