header top bar

section content

Neymar se compara a Messi e vê empate como derrota

O capitão lembrou que é apenas o segundo jogo do time e o ataque precisa se conhecer melhor

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/08/2016 às 14h55

O jogador desabafou após estréia da seleção olímpica (Foto: Reuters)

O capitão da seleção brasileira de futebol masculino, Neymar, disse ver como normal o fato de ter sido o jogador que mais recebeu passes e chutou a gol no empate sem gols contra a África do Sul, estreia do time na competição da Rio-2016.Ele comparou a situação dele na seleção olímpica com a de seu companheiro no Barcelona, Lionel Messi.

“A gente acaba ficando em função de um jogador só para que a equipe se movimente inteira, como o Barcelona joga. A gente joga em função do Messi e ele é o cara que toca mais na bola e a gente faz os movimentos. Nem por isso a gente fica com rancor ou a gente fica chateadinho por tocar a bola no Messi”, disse o capitão da seleção na saída do estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O meio campista Renato Augusto afirmou que é normal que um jogador com a qualidade de Neymar e que se movimenta bem “naturalmente receba mais bolas” e não viu o tipo de jogo como anormal.

Ele afirmou que é essencial fazer um bom jogo no domingo, contra o Iraque, que também empatou em 0 a 0 nesta quinta-feira com a Dinamarca, para trazer o torcedor de volta. Para Augusto, o jogo de domingo contra o Iraque será ainda mais difícil já que o time adversário conheceu o jogo da seleção.

“Jogando em casa o torcedor quer goleada. Vamos ter que ter tranquilidade no domingo para fazer um bom jogo no domingo para vencer”, afirmou.

Neymar também afirmou que o empate para o time “é uma derrota” e que é necessário dar tranquilidade aos jogares, principalmente Gabriel Jesus que perdeu um gol sem goleiro no segundo tempo da partida e chegou a dizer que “não vai conseguir dormir”.

O capitão lembrou que é apenas o segundo jogo do time e o ataque precisa se conhecer melhor.

“Todo jogo é decisivo, como era hoje. Mas infelizmente a bola não entrou. Não jogamos da maneira que queríamos”, disse Neymar.

O capitão lembrou ainda que o campeonato é difícil, lembrando que “ninguém conseguiu” vencer uma olimpíada pelo país.

“Tivemos mais de não sei quantas Olimpíadas que tentaram e ninguém conseguiu. Temos que ficar tranquilos. Isso aqui não é fácil. Não vamos chegar aqui, pegar o ouro e levar para casa. Temos que jogar futebol”, afirmou Neymar.

O goleiro brasileiro, Weverton, lembrou que a seleção teve as melhores oportunidades, mas a bola “não quis entrar”. Ele concordou que em alguns momentos a defesa ficou exposta mais para o fim do jogo, atribuindo o fato à vontade de ganhar. Ele, que fazia sua estreia, disse que o ideal seria vencer.

“Goleiro estreando sem [levar] gol já é uma grande estreia”, disse Weverton.Já o goleiro sul-africano Khune disse que o time está orgulhoso do resultado e que o empate deu mais confiança para a equipe seguir na competição.

“Nós esperávamos um jogo duro contra o Brasil. Viemos como zebra e favorito era o Brasil. Mas viemos para jogar futebol e conseguimos um bom resultado. Estamos felizes por esse ponto”, disse Khune lembrando que cada ponto é crucial para o campeonato e agora estão mais confiantes na classificação.

PROTESTOS

Antes do jogo, policiais civis do Distrito Federal, que anunciaram greve nesta manhã, fizeram um protesto no estacionamento do estádio, o que era proibido. Mas os policiais militares que faziam a segurança da região não reprimiram o ato.

Dentro do estádio, um pequeno grupo de torcedores levantou cartazes e puxou gritos de “Fora, Temer”, contra o presidente em exercício, Michel Temer, no intervalo da partida. O grupo não foi reprimido, mas também não teve apoio de outros torcedores.

A reclamação mesmo ficou por conta da falta de alimentos em alguns dos bares durante o intervalo e pelo fato dos dois jogos no estádio realizados nesta quinta-feira não terem tido gols.

“Pelo menos aquele time do Iraque tinham uns jogadores que jogavam bem”, lamentou o empresário Bruno Back, 33 anos, que mesmo assim se mostrou pouco confiante para o jogo de domingo. “Acho que vai ser 1 a 0. Se o Neymar jogar”.

Notícias ao Minuto com informações da Folhapress

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan