header top bar

section content

Vice de futebol do Flamengo é levado pela Polícia Federal na operação Lava Jato

Flavio Godinho foi braço direito de Eike Batista, que protagoniza a nova fase da operação

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/09/2016 às 12h42

Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flávio Godinho, foi conduzido coercitivamente para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (22), por agentes que trabalham na operação “Arquivo X”, na 34ª fase da Lava Jato.

Segundo o blog do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Godinho é ex-braço-direito de Eike, que “protagoniza” esta fase da força tarefa. A PF fez busca e apreensão de documentos na OSX, empresa do ex-bilionário.

Uma suspeita de pagamento de propinas envolvendo um contrato entre a Petrobras e a OSX, em 2012, motivou a Arquivo X.

Notícias ao Minuto

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como