header top bar

section content

Vice de futebol do Flamengo é levado pela Polícia Federal na operação Lava Jato

Flavio Godinho foi braço direito de Eike Batista, que protagoniza a nova fase da operação

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/09/2016 às 12h42

Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flávio Godinho, foi conduzido coercitivamente para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (22), por agentes que trabalham na operação “Arquivo X”, na 34ª fase da Lava Jato.

Segundo o blog do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Godinho é ex-braço-direito de Eike, que “protagoniza” esta fase da força tarefa. A PF fez busca e apreensão de documentos na OSX, empresa do ex-bilionário.

Uma suspeita de pagamento de propinas envolvendo um contrato entre a Petrobras e a OSX, em 2012, motivou a Arquivo X.

Notícias ao Minuto

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires