Esportes
07/10/2016 às 07h43

postado por: C. Campelo

Brasil atropela a Bolívia e chega a terceira vitória sob o comando de Tite

Com grande atuação de Neymar, Seleção faz 5 a 0 e segue em segundo lugar nas Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018

Brasileiros comemoram mais um gol contra a Bolívia (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

O Brasil fez o que se esperava dele e goleou a Bolívia por 5 a 0, em Natal (RN), nesta quinta-feira, pelas Eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018. A Seleção começou o jogo pressionando os adversários e construiu a vitória logo no primeiro tempo, com grande apresentação de Neymar. Com o resultado, os brasileiros seguem na segunda posição, com 18 pontos, atrás somente do Uruguai. Já os bolivianos, com sete, estão na oitava colocação e praticamente sem chance de chegar no Mundial da Rússia.

O JOGO

A Seleção mostrou suas credenciais assim que a bola rolou. Logo aos 6 minutos, Gabriel Jesus recebeu lindo passe de primeira de Philippe Coutinho e, na hora do chute, foi travado pela zaga.

Mas o gol não demoraria nem mais cinco minutos para sair. Neymar roubou a bola de Ronald Raldés no meio de campo, avançou e tocou para Gabriel Jesus. O atacante do Palmeiras poderia ter chutado, mas preferiu dar assistência para o atacante do Barcelona, sem goleiro, abrir o placar. Foi o 300º gol oficial de sua carreira.

O segundo gol saiu aos 25 minutos. Giuliano tabelou com Daniel Alves e fez grande jogada pela direita. No cruzamento, ele encontrou Philippe Coutinho livre. O jogador do Liverpool não teve trabalho para deslocar o goleiro Lampe e ampliar.

A equipe de Tite não diminuiu o ritmo e chegou rapidamente ao terceiro gol. Aos 38, mesmo cercado por quatro adversários, Neymar achou Filipe Luis livre na esquerda. O lateral chutou forte e não deu chances para Lampe.

Cinco minutos depois parecia replay, mas não era. Neymar, sempre ele, deu grande assistência para Gabriel Jesus. O palmeirense viu a chegada de Lampe e tocou levemente por cima do goleiro para transformar o placar em goleada.

A nota triste do primeiro tempo foi o cartão amarelo que tirou Neymar do jogo contra a Venezuela, na terça-feira. O atacante do Barcelona se envolveu em confusão com Azogue e o árbitro amarelou os dois.

O Brasil perdeu boas chances de ampliar a vantagem no início do segundo tempo, mas Lampe fez boas defesas em duas jogadas de Neymar e uma de Gabriel Jesus.

Sem reação em campo, a Bolívia apelou. Duk entrou com o cotovelo no rosto de Neymar e deixou o craque sangrando e precisando de atendemento médico. Nas arquibancadas, a torcida potiguar dava show e não parava de gritar o nome de Tite e provocar a Bolívia com ‘olé’.

Com a adversário totalmente batido e com o placar assegurado, a Seleção tratou de tocar a bola. Mas ainda dava tempo para mais. Após escanteio pela esquerda, aos 30 minutos, Firmino subiu mais alto que a zaga e deixou o dele.

A rodada das Eliminatórias sul-americanas continua na próxima terça-feira. A seleção brasileira vai até Mérida encarar a lanterna Venezuela às 21h30. Já os bolivianos recebem o Equador, à tarde, em La Paz. Os outros jogos são: Colômbia x Uruguai, Chile x Peru e Argentina x Paraguai.

Estadão Conteúdo

Deixe seu comentário




Mais Esportes