Esportes
13/11/2016 às 10h54 • atualizado em 13/11/2016 às 11h03

postado por: Estagiário

Representantes da Paraíba, gêmeos fazem sucesso no vôlei de praia

Rafael e Renato Andrew vão em busca da medalha de ouro na sua última participação nos Jogos Escolares da Juventude, que estão sendo disputados em João Pessoa

Rafael, Andrew, Renato Andrew, Jogos Escolares da Juventude, JEJs (Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB)

Os gêmeos da Paraíba. Assim são conhecidos os irmãos Rafael e Renato Andrew, uns dos destaques do torneio de vôlei de praia dos Jogos Escolares da Juventude, etapa de 15 a 17 anos, que estão sendo disputados em João Pessoa. A dupla venceu suas três primeiras partidas e seguem em busca do título inédito na competição após o vice-campeonato no ano passado, quando foi derrotada na final por uma parceria do Rio de Janeiro.

Naturais do Pará, Rafael e Renato chegaram a João Pessoa com seis anos de idade e deram seus primeiros passos no vôlei incentivados pela mãe e pelo irmão mais velho, que também praticavam a modalidade.

– O apoio que eles têm da família é realmente muito importante. Como a mãe e o irmão também jogavam vôlei, eles entendem e incentivam Renato e Rafael. Eles fazem de tudo para ajudar – disse o técnico da dupla, Alexander Fragoso.

Em sete anos de parceria, a dupla já alcançou conquistas importantes. No ano passado, Rafael e Renato foram campeões do Mundial Escolar, de 15 a 16 anos, e neste ano foram vice-campeões brasileiros sub-19. De quebra, Renato ainda foi considerado o melhor jogador do Mundial Sub-19, disputado no Chipre.

Em sua terceira edição dos Jogos Escolares da Juventude, Rafael garante que o fato de serem irmãos só ajuda na hora da competição.

– Nos entendemos muito bem e vejo que as outras duplas não têm o mesmo entrosamento que nós temos – disse o aluno-atleta, que também elogiou a estrutura dos Jogos Escolares:

– É um evento muito bom, ótimo para conhecer pessoas e adquirir mais experiência para seguir na carreira – completou.

E quem pensa que a dupla se despede da competição com o fim do torneio de vôlei de praia, no domingo, está enganado. Os irmãos gêmeos também vão jogar no vôlei de quadra, que começa na terça-feira. Mas o técnico entrega:

– Eles são ótimos no vôlei de praia, mas na quadra é diferente. É bom que fiquem na areia mesmo – disse Alexander Fragoso, sorrindo.

O treinador, no entanto, não esconde que sentirá falta da dupla no ano que vem. Como completam 17 anos em dezembro, Rafael e Renato não estarão nos Jogos Escolares da Juventude em 2018.

– Vou sentir saudade dos dois. Além de ótimos atletas, são bons garotos também. Muito humildes e pés no chão. Vão longe no esporte – afirmou o técnico e admirador.

GLOBO ESPORTE

Deixe seu comentário