header top bar

section content

veja mais Região de João Pessoa

Representantes da Paraíba, gêmeos fazem sucesso no vôlei de praia

Rafael e Renato Andrew vão em busca da medalha de ouro na sua última participação nos Jogos Escolares da Juventude, que estão sendo disputados em João Pessoa

Por Estagiário

13/11/2016 às 10h54 • atualizado em 13/11/2016 às 11h03

Rafael, Andrew, Renato Andrew, Jogos Escolares da Juventude, JEJs (Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB)

Os gêmeos da Paraíba. Assim são conhecidos os irmãos Rafael e Renato Andrew, uns dos destaques do torneio de vôlei de praia dos Jogos Escolares da Juventude, etapa de 15 a 17 anos, que estão sendo disputados em João Pessoa. A dupla venceu suas três primeiras partidas e seguem em busca do título inédito na competição após o vice-campeonato no ano passado, quando foi derrotada na final por uma parceria do Rio de Janeiro.

Naturais do Pará, Rafael e Renato chegaram a João Pessoa com seis anos de idade e deram seus primeiros passos no vôlei incentivados pela mãe e pelo irmão mais velho, que também praticavam a modalidade.

– O apoio que eles têm da família é realmente muito importante. Como a mãe e o irmão também jogavam vôlei, eles entendem e incentivam Renato e Rafael. Eles fazem de tudo para ajudar – disse o técnico da dupla, Alexander Fragoso.

Em sete anos de parceria, a dupla já alcançou conquistas importantes. No ano passado, Rafael e Renato foram campeões do Mundial Escolar, de 15 a 16 anos, e neste ano foram vice-campeões brasileiros sub-19. De quebra, Renato ainda foi considerado o melhor jogador do Mundial Sub-19, disputado no Chipre.

Em sua terceira edição dos Jogos Escolares da Juventude, Rafael garante que o fato de serem irmãos só ajuda na hora da competição.

– Nos entendemos muito bem e vejo que as outras duplas não têm o mesmo entrosamento que nós temos – disse o aluno-atleta, que também elogiou a estrutura dos Jogos Escolares:

– É um evento muito bom, ótimo para conhecer pessoas e adquirir mais experiência para seguir na carreira – completou.

E quem pensa que a dupla se despede da competição com o fim do torneio de vôlei de praia, no domingo, está enganado. Os irmãos gêmeos também vão jogar no vôlei de quadra, que começa na terça-feira. Mas o técnico entrega:

– Eles são ótimos no vôlei de praia, mas na quadra é diferente. É bom que fiquem na areia mesmo – disse Alexander Fragoso, sorrindo.

O treinador, no entanto, não esconde que sentirá falta da dupla no ano que vem. Como completam 17 anos em dezembro, Rafael e Renato não estarão nos Jogos Escolares da Juventude em 2018.

– Vou sentir saudade dos dois. Além de ótimos atletas, são bons garotos também. Muito humildes e pés no chão. Vão longe no esporte – afirmou o técnico e admirador.

GLOBO ESPORTE

INTERVIEW

Promotor ‘manda’ município retirar mercadorias de calçadas, cita saúde como problema e lamenta: “O povo continua votando em corruptos”

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Com estádio superlotado, Atlético de Cajazeiras joga mal e é goleado pelo Botafogo de João Pessoa no primeiro jogo da semifinal

TROVEJOU EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Com novo treinador, Atlético vence Inter, volta ao G4 e vai para última rodada decidir vaga com time de Campina

FERVENDO

Oposicionista de Sousa aponta erros de André que o fizeram freguês de Tyrone, cobra redução da taxa, revela seu pecado e dispara: “Palhaçada”