header top bar

section content

Joanna deixa Ronda para trás e é mulher mais vitoriosa no UFC

Para chegar a vitória em Nova York, porém, Joanna teve muita dificuldade. Ela até controlou a luta toda, mas quase acabou nocauteada em um deslize no quarto round.

Por Priscila Belmont

13/11/2016 às 19h31 • atualizado em 13/11/2016 às 12h33

© Getty Joanna manteve o cinturão e se tornou a mulher com mais vitórias no UFC

Não olhe agora, mas, esportivamente falando, Joanna Jędrzejczyk já é a maior mulher da história do UFC. Ou ao menos a mais vitoriosa. Na madrugada deste domingo, ela teve uma missão complicadíssima, mas bateu a compatriota Karolina Kowalkiewicz para manter mais uma vez o cinturão peso palha feminino do Ultimate.

Com isso, ela chegou a sete vitórias na organização (em sete lutas) e deixou os seis triunfos de Ronda Rousey para trás para se isolar no posto de mais vitoriosa.

Ronda, porém, ainda leva vantagem em número de defesas de cinturão, já que todas as suas lutas no UFC valeram título – foram seis defesas bem sucedidas, portanto. Joanna, que teve que conquistar seu caminho ao topo, está em sua quarta defesa bem sucedida.

Vale deixar bem claro que as duas lutam em pesos diferentes.

Para chegar a vitória em Nova York, porém, Joanna teve muita dificuldade. Ela até controlou a luta toda, mas quase acabou nocauteada em um deslize no quarto round. Karolina Kowalkiewicz conseguiu acertar um golpe em cheio e balançou bastante a campeã, mas não conseguiu acabar com o combate.

MSN

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview