header top bar

section content

Conselheiros oficializam pedido de impeachment do presidente corintiano

Grupo protocolou requerimento requisitando a abertura do processo de destituição de Roberto de Andrade

Por Estagiário

22/11/2016 às 22h50

© Divulgação

Conselheiros da oposição corintiana protocolaram nesta terça-feira inquérito que pede a abertura de processo de impeachment contra o presidente Roberto de Andrade. O documento, apoiado inclusive pelos ex-jogadores Neto e Ronaldo, é baseado no fato de o dirigente ter assinado documentos referentes a reuniões de assembleias ocorridas antes de sua eleição – em ambas foram discutidos assuntos ligados à arena de Itaquera.

“Ele não tinha legitimidade para aquelas assinaturas. Também houve a não entrega de documentos e contratos para analisarmos e tomarmos as medidas cabíveis. É um dia difícil. A ética e a moral devem imperar sobre qualquer outra coisa que existe de nebuloso sobre nossa instituição. Esse impeachment tem um efeito pedagógico. A partir de agora, com o fim do chapão, o Corinthians vai mudar”, disse ao Globoesporte.com o conselheiro Leandro Cano.

O requerimento será entregue em até cinco dias à Comissão de Ética e Disciplina do clube, que comunicará Roberto de Andrade. A partir daí, o presidente terá dez dias para apresentar sua defesa – ele alega que os documentos foram confeccionados mais de um mês após a realização das reuniões, quando já era o mandatário do Alvinegro.

Notícias ao Minuto

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de água da vida e o Pr. Nilton

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior