header top bar

section content

BOMBA: Empresa pede prisão de Neymar por crime de corrupção

DIS entregou acusação à Justiça espanhola na manhã desta quarta-feira

Por Luzia de Sousa

23/11/2016 às 11h16

Dona de 40% do passe de Neymar na época da venda do jogador ao Barcelona, a DIS entregou à Justiça espanhola, na manhã desta quarta-feira, acusação contra uma série de atores envolvidos na polêmica transação. São eles: o jogador e seus pais, o atual presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, o ex-presidente do clube Sandro Rosell, o ex-presidente do Santos Odilio Rodrigues, o Barcelona, o Santos e diversas empresas pertencentes ao jogador e sua família. As informações são do jornal espanhol Marca.

De acordo com a publicação, a DIS pede cinco anos de prisão a Neymar e seu pai por crime de corrupção – a Bartomeu e Rosell pede oito por corrupção e fraude. Além disso, exige indenização do Barcelona no valor de 195 milhões de euros, algo em torno de R$ 700 milhões.

Em 2013, Neymar foi vendido ao Barcelona por 17,1 milhões de euros, dos quais 6,84 milhões ficaram com a DIS. Após a apresentação do jogador, porém, o clube catalão revelou ter gasto 57,1 milhões de euros na compra, sendo que uma das empresas dos pais do jogador ficou com R$ 40 milhões de euros.

Notícia ao Minuto

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan