header top bar

section content

Ex-jogador do São Paulo e Santos vira moeda de troca para voltar ao Brasil

O meio-campista, ex-Santos e São Paulo, pode voltar ao futebol brasileiro após quase seis meses da tão sonhada ida à Europa, onde ainda não se adaptou

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/11/2016 às 07h25

Paulo Henrique Ganso (Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images)

Nem seis meses completos em sua primeira passagem pela Europa, Paulo Henrique Ganso pode voltar ao futebol brasileiro como moeda de troca. Ainda sem se firmar como titular no elenco do Sevilla, treinado pelo chilieno Jorge Sampaoli, o meio-campista de 27 anos, de acordo com o jornal espanhol Às, faz parte de um esquema do Sevilla para tentar trazer o atacante argentino Lucas Pratto, do Atlético-MG. A equipe espanhola estaria disposta a oferecer Ganso para convencer o clube mineiro a liberar o artilheiro.

Ganso, junto com Neymar, foi destaque no Santos entre 2010 e 2012, conquistando três edições do Campeonato Paulista, uma Copa do Brasil e uma Libertadores. Destacou-se na mídia e era tido, assim como Neymar, como uma grande revelação do futebol brasileiro e com um futuro promissor para virar um dos melhores do mundo.

Declínio – Enquanto Ganso seguiu no futebol brasileiro, transferindo-se para o rival São Paulo em um racha com a diretoria e torcida santistas, o ex-companheiro Neymar – hoje principal jogador da seleção brasileira e um dos protagonistas do Barcelona – é um dos três melhores jogadores do mundo.

Apesar de finalmente ir para a tão sonhada Europa, em julho deste ano, Ganso não se adaptou ao ritmo de jogo. Constantemente elogiado pela visão de jogo e os bons passes, ele, no entanto, – conhecido pela lentidão dentro de campo – sofre com o jogo rápido e com a prioridade pela marcação dos adversários, características do futebol europeu.

Veja

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula