header top bar

section content

Hacker diz que atletas dos EUA usaram cocaína antes de Rio-2016

Em setembro, o mesmo grupo de hackers atacou o sistema da WADA e publicou documentos que revelaram o uso sistemático de doping pelos atletas norte-americanos.

Por Priscila Belmont

27/11/2016 às 14h00 • atualizado em 27/11/2016 às 11h29

Dois atletas norte-americanos usaram cocaína antes de participar dos Jogos do Rio neste ano, diz o jornal The Guardian, referindo-se às informações divulgadas pelo grupo de hackers Fancy Bears.

A informação foi revelada pelos hackers que analisaram a correspondência entre os representantes da Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) e Agência Antidoping dos EUA (USADA).

Nas cartas examinadas há provas de que ao menos dois atletas olímpicos norte-americanos usaram cocaína antes da Olimpíada para perda de peso e, aparentemente, tal acontecimento era de conhecimento do técnico dos atletas.

Além disso, na correspondência são mencionados “renomados atletas norte-americanos” com resultados de análises de sangue anormais e um atleta dos EUA que alegadamente teria sido sujeito à transfusão de sangue antes da corrida. Nas cartas, acessadas pelo Fancy Bears, também há dados pessoais do presidente da WADA, Craig Reedie, inclusive o número de celular.

Em setembro, o mesmo grupo de hackers atacou o sistema da WADA e publicou documentos que revelaram o uso sistemático de doping pelos atletas norte-americanos, inclusive a tenista Serena Williams e a ginasta Simone Biles.

Notícia ao Minuto

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview