header top bar

section content

Hacker diz que atletas dos EUA usaram cocaína antes de Rio-2016

Em setembro, o mesmo grupo de hackers atacou o sistema da WADA e publicou documentos que revelaram o uso sistemático de doping pelos atletas norte-americanos.

Por Priscila Belmont

27/11/2016 às 14h00 • atualizado em 27/11/2016 às 11h29

Dois atletas norte-americanos usaram cocaína antes de participar dos Jogos do Rio neste ano, diz o jornal The Guardian, referindo-se às informações divulgadas pelo grupo de hackers Fancy Bears.

A informação foi revelada pelos hackers que analisaram a correspondência entre os representantes da Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) e Agência Antidoping dos EUA (USADA).

Nas cartas examinadas há provas de que ao menos dois atletas olímpicos norte-americanos usaram cocaína antes da Olimpíada para perda de peso e, aparentemente, tal acontecimento era de conhecimento do técnico dos atletas.

Além disso, na correspondência são mencionados “renomados atletas norte-americanos” com resultados de análises de sangue anormais e um atleta dos EUA que alegadamente teria sido sujeito à transfusão de sangue antes da corrida. Nas cartas, acessadas pelo Fancy Bears, também há dados pessoais do presidente da WADA, Craig Reedie, inclusive o número de celular.

Em setembro, o mesmo grupo de hackers atacou o sistema da WADA e publicou documentos que revelaram o uso sistemático de doping pelos atletas norte-americanos, inclusive a tenista Serena Williams e a ginasta Simone Biles.

Notícia ao Minuto

LUCIANO LINS

VÍDEO: Músico de João Pessoa ‘cajazeirado’ há quatro anos se emociona ao fala dos seus filhos

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Projeto de extensão da UFCG promove aula de capoeira gratuita a crianças carentes de Cajazeiras

PRIVILÉGIOS JURÍDICOS

VÍDEO: A lei é igual para todos? Programa Xeque-Mate discute foro privilegiado com promotor e advogado

FIM DE SEMANA

Cia de teatro arte tramática apresenta “As Malditas” no Teatro Ica em Cajazeiras