Esportes
29/11/2016 às 14h30 • atualizado em 29/11/2016 às 14h35

postado por: Estagiário

Acidente com a Chapecoense: veja o que se sabe até agora

A queda de um avião na Colômbia resultou em 76 mortes. Há cinco sobreviventes sendo atendidos em hospitais locais

© DR

O trágico acidente de um avião, que caiu quando fazia ligação entre a Bolívia e a Colômbia, resultou na morte de 76 pessoas. O voo transportava a equipe da Chapecoense que viajava para Medellín para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Apenas cinco passageiros sobreviveram. Nas primeiras horas, as autoridades colombianas davam conta de que seis pessoas haviam sobrevivido, contudo, pouco tempo depois uma acabou por morrer a caminho do hospital.

Mais tarde, também um dos jogadores da Chape, Marcos Danilo Padilha, acabaria por falecer no hospital, não resistindo aos ferimentos. Por outro lado, um outro jogador, Neto, foi encontrado vivo nos escombros, fazendo com que o balanço inicial acabasse por se manter.

O jogo que a Chapecoense iria disputar era histórico, já que o clube nunca havia estado presente numa final internacional. Agora, em forma de tributo, o clube colombiano sugere que a taça seja entregue ao clube brasileiro vitimado na tragédia.

Há três jogadores que sobreviveram – Alan Ruschel, Jackson Follman e Neto -, bem como um jornalista – Rafael Henzel – e uma tripulante de bordo – Ximena Suarez.

As autoridades tentam apurar as causas do acidente, de olho para falhas técnicas, tendo sido levantada inclusive a possibilidade de a aeronave ter ficado sem combustível.

O acidente despertou dezenas de reações por todo o mundo, desde clubes, a jogadores.

Os torcedores do Chapecoense se reuniram no estádio do clube, para onde também foram os jogadores que não viajaram, como forma de homenagear toda a comitiva.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, confirmou que nenhuma partida será realizada no espaço de sete dias.

Notícias ao Minuto

Deixe seu comentário




Mais Esportes