Esportes
30/11/2016 às 08h31

postado por: Estagiário

Médico detalha condição dos jogadores da chapecoense que sobreviveram

"Chegaram vivos aqui o Rafael, jornalista de Chapecó, e um jogador da Chapecoense, o Alan Ruschel. Estavam em um estado complicado geral", disse Guilherme Molina, diretor da clínica San Juan de Dios

Acidente com avião que levava equipe da chapecoense (Foto: EFE)

O médico do Hospital San Juan Dios, Guilherme Molina, esclareceu a situação dos sobreviventes do trágico acidente que vitimou a maior parte da delegação da Chapecoense. Jackson Follman, Neto e Alan Ruschel estão em estado grave, mas sobreviveram, enquanto o goleiro Danilo faleceu após chegar ao hospital.

“Chegaram vivos aqui o Rafael, jornalista de Chapecó, e um jogador da Chapecoense, o Alan Ruschel. Estavam em um estado complicado geral”, disse Guilherme Molina, diretor da clínica San Juan de Dios, em entrevista ao Sportv.

“O Neto chegou em estado muito severo, comprometimento encéfalo-craniano, no tórax, fraturas expostas de membros inferiores, foi entubado, passou por exames, está em cirurgia”, continuou. “Já o Alan Ruschel chegou entre 2h30 e 3h da manhã (horário local), estava com uma fratura no membro inferior, comprometimento abdominal, e uma fratura de vertebra. Foi transferido para outra clínica para seguir exames e o procedimento porque necessitou de imobilização na coluna”.

Conforme havia noticiado a Aeronáutica da Colômbia, o goleiro Danilo chegou com vida ao hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos. Além disso, o médico confirmou que o goleiro reserva, Jackson Follmann teve a perna amputada.

“Conversei com o médico do hospital San Vicente Fundación, que me passou: o Danilo faleceu. Jakson teve que amputar um membro inferior”, finalizou.

TERRA

Deixe seu comentário