header top bar

section content

Rubinho é vice e Fraga se torna mais jovem campeão da Stock

O piloto da Cimed Racing precisava apenas do 12º para confirmar o título

Por Henrique

11/12/2016 às 18h26 • atualizado em 11/12/2016 às 17h44

(Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

Rubens Barrichello, 44, bem que tentou, mas Felipe Fraga, 21, tornou-se neste domingo (11), em Interlagos, o mais jovem campeão da Stock Car. O piloto da Cimed Racing precisava apenas do 12º para confirmar o título. Já Rubinho, da Full Racing, tinha que vencer a corrida e torcer para que o adversário ficasse no máximo em 13º.

Tudo parecia fácil para Fraga, que largou na pole, seguido pelo veterano. Com uma boa largada, aumentou sua vantagem para o ex-piloto da F-1, que perdeu posições logo no início. Mas a entrada do Safety Car na pista, após um acidente, fez com que ela fosse perdida.Com a normalização da prova, Rubinho forçou ultrapassagem, tocou na traseira de Serrinha e rodou, indo para a 18ª posição.

Mas a chuva durante a prova fez a tranquilidade de Fraga ser ameaçada. Na troca de pneus, o piloto da CR perdeu tempo, indo para 11º lugar. Barrichello arriscou se manter na pista.

A ousadia fez o experiente piloto ganhar posições e terminar a prova em segundo. O vencedor foi Daniel Serra, que fez sua despedida da equipe Red Bull Racing. Felipe Braga chegou em 10º, mais que o suficiente para garantir o título e ver o ídolo ficar com o vice-campeonato.

A Cimed Racing, equipe do mais novo campeão da Stock Car e de Marcos Gomes, foi bicampeã por equipes. Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ