header top bar

section content

Revoltado com punição ao Atlético, dirigente diz que vai propor campeonato do Sertão

TJD penalizou o Atlético com perda de quatro mandos de campo, multa de R$ 10 mil e revoltou torcedores e dirigentes

Por Jocivan Pinheiro

31/01/2017 às 18h19 • atualizado em 01/02/2017 às 09h14

A decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) que penalizou o Atlético de Cajazeiras com perda de quatro mandos de campo e multa de R$ 10 mil revoltou torcedores e dirigentes. As punições foram estabelecidas em virtude da confusão entre jogadores do Trovão Azul e do Botafogo-PB no dia 11 de Janeiro no estádio Perpetão, em Cajazeiras, quando na ocasião um torcedor arremessou uma garrafa de água vazia dentro do campo.

Para os cajazeirenses, a opinião de que a decisão do TJD foi exagerada e injusta é unânime, e muitos acreditam que se trata de uma tentativa de prejudicar o Atlético, que é vice-líder do campeonato.

VEJA: Punição ‘severa’ ao Atlético causa revolta em Cajazeiras; torcedores discordam

Momento da confusão entre jogadores de Atlético e Botafogo

Revoltado com a punição, o diretor do Trovão, Alysson Lira (Neguim do Mondrian), já cogita a possibilidade de mobilizar todos os clubes do Sertão para fundarem uma liga e um campeonato da região, abandonando a competição estadual.

– Eu não queria, mas estou começando a acreditar que alguém está querendo prejudicar o Atlético, e é alguém lá de cima. Eu acho que já está na hora da Federação Paraibana começar a respeitar mais as equipes do Sertão, ou então daqui a pouco vai ter dois campeonatos, um campeonato da capital e um campeonato de Patos para cá, porque eu mesmo já vou me mobilizar – declarou o dirigente.

VEJA MAIS: Direção do Atlético repudia agressões em JP e dispara: “Punição a esses marginais”

Neguim do Mondrian

Para Neguim, a punição não só é injusta, como fere alguns regimentos. Segundo ele, quando o torcedor que arremessou objeto no campo é identificado e punido – o que aconteceu neste caso específico -, o clube não deve ser penalizado. Ele diz que a decisão do TJD é absurda e teme que, sem torcida, o Atlético sofra um forte impacto financeiro.

– A gente recebeu essa notícia de forma triste. É uma pena absurda do tribunal. Essa punição deveria ser de outra forma. O time do Atlético depende da renda, porque os patrocínios são poucos, e não dá para manter essa folha sem a ajuda do torcedor.

Contudo, Neguim ressalta que a punição não vai tirar o Trovão da briga pelo título. “O Atlético também é grande. Nós temos que acabar com essa história de que grandes são os da capital. Grande é quem joga bola, e nosso time está jogando muita bola, e vamos brigar pelo título.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!