header top bar

section content

Treinador quer que CSP evite faltas perto da área em jogo contra o Sousa

Lanterna do Paraibano só fez três gols na competição, todos do zagueiro Leandro de jogadas de bola parada. Partida acontece no Almeidão, nesta quarta-feira, às 20h30

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

14/02/2017 às 13h30 • atualizado em 14/02/2017 às 14h33

Josivaldo Alves elogia gramado do Almeidão (Foto: Reprodução / TV Paraíba)

Cinco jogos sem vencer. A marca não é boa, e por isso mesmo o treinador do CSP, Josivaldo Alves, quer quebrá-la. O Tigre começou bem a competição, ao vencer as duas primeiras partidas, e liderar o Campeonato Paraibano na segunda rodada. Mas com a escassez de vitórias, começou a cair na tabela, e agora ocupa a oitava colocação. E o comandante do time espera voltar a vencer nesta quarta-feira, quando joga contra o lanterna, o Sousa.

Apesar da situação do rival, Josivaldo pregou respeito e também falou sobre o grande perigo do Dinossauro, que são as jogadas de bola parada. O time sertanejo só fez três gols neste Paraibano e todos foram do zagueiro Leandro, após lances de bola parada.

– A primeira coisa é não fazer falta perto da área e nem mandar a bola para escanteio porque nestes jogos não se pode dar mole, não só para o zagueiro Leandro, mas qualquer outro jogador do Sousa. Vamos estar atentos – explicou.

A partida acontece no Estádio Almeidão, às 20h30. O que para o treinador é motivo para se comemorar, primeiro por não precisar viajar e segundo, por causa do gramado do estádio, que para ele, é um dos melhores da Paraíba.

Neste estadual, o Tigre jogou duas vezes no Almeidão e tem uma derrota e uma vitória. Perdeu para o Botafogo-PB, por 3 a 1, e venceu o Treze, por 1 a 0. E apesar de pregar respeito ao Sousa, o treinador sabe que tem que se impor em casa.

– Tem estádios que a gente vai jogar e a situação do gramado não é nada boa. No Almeidão, o jogo sempre tem mais qualidade por causa do gramado. E nesta partida, não podemos ter medo, mas é preciso manter o respeito. A gente sabe que se olhar só para a pontuação, vai parecer que é fácil, mas no futebol não é assim. Vamos jogar em João Pessoa, e por isso, temos que nos impor para sair com o resultado positivo – ressaltou Josivaldo.

GE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’