header top bar

section content

Absurdo: Jogador brasileiro sai de campo chorando após sofrer racismo em outro país

Volante Everton Luiz, do Partizan Belgrado, foi xingado e humilhado por torcedores rivais

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

20/02/2017 às 16h16

Brasileiro precisou ser amparado por companheiro após atos racistas (Foto: STR/AFP/Getty Images)

O brasileiro Everton Luiz, revelado pela Ponte Preta, foi vítima de racismo nesse final de semana. Defendendo o Partizan Belgrado da Sérvia, o volante foi agredido verbalmente por torcedores adversários durante uma partida válida pelo campeonato local.

Aos prantos, o jogador deixou o gramado e seguiu para o vestiário amparado pelo seu companheiro de clube, o goleiro Filip Kljajic. Além dos gritos de “macaco” e barulhos simulando o grunhido do primata, os torcedores do Rad Belgrado abriram uma faixa insultando o brasileiro, que chegou a ir em direção dos agressores, mas os xingamentos aumentaram e o meia caiu em lagrimas.

“Eu não conseguia segurar as lágrimas porque eu recebi insultos racistas das arquibancadas em 90 minutos. Mas fiquei, sobretudo, chocado com a atitude dos jogadores adversários, em vez de acalmar a situação apoiaram esse tipo de comportamento. Quero esquecer o mais rapidamente possível”, declarou a TV sérvia.

R7

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada