header top bar

section content

Absurdo: Jogador brasileiro sai de campo chorando após sofrer racismo em outro país

Volante Everton Luiz, do Partizan Belgrado, foi xingado e humilhado por torcedores rivais

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

20/02/2017 às 16h16

Brasileiro precisou ser amparado por companheiro após atos racistas (Foto: STR/AFP/Getty Images)

O brasileiro Everton Luiz, revelado pela Ponte Preta, foi vítima de racismo nesse final de semana. Defendendo o Partizan Belgrado da Sérvia, o volante foi agredido verbalmente por torcedores adversários durante uma partida válida pelo campeonato local.

Aos prantos, o jogador deixou o gramado e seguiu para o vestiário amparado pelo seu companheiro de clube, o goleiro Filip Kljajic. Além dos gritos de “macaco” e barulhos simulando o grunhido do primata, os torcedores do Rad Belgrado abriram uma faixa insultando o brasileiro, que chegou a ir em direção dos agressores, mas os xingamentos aumentaram e o meia caiu em lagrimas.

“Eu não conseguia segurar as lágrimas porque eu recebi insultos racistas das arquibancadas em 90 minutos. Mas fiquei, sobretudo, chocado com a atitude dos jogadores adversários, em vez de acalmar a situação apoiaram esse tipo de comportamento. Quero esquecer o mais rapidamente possível”, declarou a TV sérvia.

R7

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe