header top bar

section content

Zé Ricardo lamenta arquibancadas vazias no clássico: ‘merece um público maior’

Técnico do Rubro-Negro afirmou que não vai poupar jogadores para a final da Taça Guanabara, contra o Fluminense, no próximo domingo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

27/02/2017 às 15h56 • atualizado em 27/02/2017 às 09h57

Zé Ricardo comemorou classificação sobre o Vasco (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo encerrou um longo jejum de vitórias sobre o Vasco neste sábado. Ao vencer o rival, garantiu vaga para a final da Taça Guanabara, onde enfrentará o Fluminense. No entanto, para o técnico Zé Ricardo, a quebra do tabu poderia ter sido ainda melhor, caso o público presente tivesse sido maior.

A PMERJ afirmou que não teria condições de fazer a segurança dos torcedores numa partida disputada no município do Rio. Por conta disso, o jogo foi levado para Volta Redonda. Ainda assim, o público foi fraquíssimo para um clássico: apenas sete mil torcedores presentes. Zé Ricardo lamentou e afirmou torcer por um cenário diferente na decisão.

“A nota negativa foi o público, um Flamengo e Vasco merece um público maior. Todo grande espetáculo merece um grande palco. Você quer estar num grande palco. Gostaria que partes chegassem a um acordo, que a gente pudesse fazer uma final em um grande palco. A Taça Guanabara merece.”

O treinador também afirmou que, para o Fla-Flu da final da Taça Guanabara, não pretende poupar nenhum jogador, mesmo com a iminente estreia do Rubro-Negro na Libertadores.

“Já pensamos na final. O Fluminense vai ser outra grande pedreira. Sem dúvida vai colocar a gente em dificuldade. A princípio, não [vamos poupar]. Se tivermos compromisso no meio de semana, teria de fazer uma avaliação diferente. A gente vai colocar em campo atletas que iniciaram hoje. Espero que seja uma grande partida, grande palco.”

A decisão da Taça Guanabara acontece no próximo domingo, ainda sem local definido. Além disso, o Flamengo já pensa na estreia da Libertadores, contra o San Lorenzo, no quarta-feira seguinte.

O Dia

Tags:
ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino