header top bar

section content

Ainda no Zona de Rebaixamento, Paraíba joga bem, mas não vence o Internacional de JP em Cajazeiras

O time de Cajazeiras até jogou bem, mas não conseguiu vencer o Internacional de João Pessoa neste domingo (05), no estádio Perpetão

Por Redação Diário

06/03/2017 às 00h22 • atualizado em 06/03/2017 às 00h26

O time de Cajazeiras empatou com Internacional de João Pessoa (Foto: reprodução: TVDS)

O resultado de 2 a 2 contra o Internacional de João Pessoa não agradou aos torcedores e a diretoria do time do Paraíba neste domingo (05), no estádio Perpetão em Cajazeiras.

Tudo porque a Cobra Coral do Sertão precisava vencer para sair da Zona de Rebaixamento do Paraibano.

+ Político de Sousa declara que Brasil vive verdadeira ‘suruba’, diz que arbitragem tem como meta rebaixar o Dinossauro e fala da pré-candidatura a deputado federal. VÍDEO!

+ VÍDEO: Sousa continua fora da área de rebaixamento após jogo com Campinense

+ VÍDEO: Atlético começa ganhando, perde pênalti e deixa escapar vitória diante do Botafogo em JP; Diretor do Trovão pede afastamento de juiz: “Uma vergonha”

O Paraíba abriu o placar no primeiro minuto de jogo com Jardel e no lance seguinte Bambam empatou para o Inter.
No segundo tempo o Colorado virou o jogo aos dois minutos, mais uma vez com Bambam. Para completar, Wellington fez contra seu patrimônio para empatar o jogo.

PRÓXIMOS JOGOS
O Paraíba jogo nesta quarta-feira, dia 08, contra o Auto Esporte de João Pessoa em Cajazeiras, ás 20:30, já o Internacional vai enfrentar quinta-feira (09), o Treze em campina Grande.

DIÁRIO ESPORTIVO

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ