header top bar

section content

Rapper de São Paulo grava vídeo clipe com a camisa do Atlético de Cajazeiras – ASSISTA!

Parceiro do rapper Cris Konebo aparece vestindo a camisa do Atlético de Cajazeiras da temporada 2017 no clipe de 'Minha Meta é Dez'

Por Jocivan Pinheiro

11/03/2017 às 14h28 • atualizado em 11/03/2017 às 15h02

O rapper paulista Cris Konebo, que faz parte de importantes projetos do rap brasileiro como K-Nob 808 e Pulse 011, lançou neste sábado (11) o primeiro vídeo clipe da sua carreira solo. Dirigido por Rafael Berezinski com produção musical do DJ QAP, o clipe da música “Minha Meta é Dez” retrata uma suposta movimentação de tráfico de drogas em uma favela, mas na verdade o vídeo faz uma crítica ao tráfico de informações, passando a mensagem de que nem tudo é o que parece ser.

O que chama a atenção dos cajazeirenses no vídeo clipe é a presença de um dos parceiros de Cris Konebo vestindo uma camisa do Atlético de Cajazeiras. Ao que parece, o manto alviazulino é da temporada 2017. O homem, supostamente um MC, surge com a camisa do Trovão Azul em vários momentos (assista no vídeo acima).

Suposto atleticano está no clipe de ‘Minha Meta é Dez’, de Cris Konebo

VEJA MAIS: Ederson Araújo comemora empate do Atlético-PB no Amigão “como vitória”

Além de rapper e MC, Cris Konebo também é apresentador. Criador de hits que motivam o público a aderir a um novo comportamento e estilo de vida, como “Pique Meninão”, “Menino Bom”, “Favela.com” e “Me Engana”, ele tem sua arte cravada em importantes projetos do cenário, como os já citados K-Nob 808 e o mais recente, Pulse 011.

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares