header top bar

section content

Hoje no Sousa, treinador diz estar pronto para reencontro com o Inter-PB: ‘ Ele é o nosso adversário direto por uma vaga na classificação’

Técnico deixou o Colorado em fevereiro e, após assumir o Dinossauro, conseguiu tirar a equipe da zona de rebaixamento do Paraibano. Os times se enfrentam na quinta-feira

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/04/2017 às 08h43

Índio Ferreira comandou o Internacional-PB até fevereiro. Depois, assumiu o Sousa e tirou o time do Z-2 (Foto: Reprodução / TV Paraíba)

No comando do Sousa há três partidas, Índio Ferreira vai enfrentar pela primeira vez o seu ex-clube, o Internacional-PB. A partida está marcada para as 20h30 desta quinta-feira, no Tomazão, em João Pessoa, pela 16ª rodada do Campeonato Paraibano. E o treinador espera um jogo bem disputado entre as equipes e, por conhecer o elenco e saber do estilo de jogo do Colorado, salienta não enxergar vantagem do Dinossauro no duelo.

Confiante em voltar de João Pessoa para Sousa com três pontos na bagagem, o treinador do Dinossauro espera um jogo equilibrado entre as equipes, com profissionalismo. Apesar de as equipes estarem muito próximas na tabela do estadual, para Índio, não existe uma rivalidade entre o Inter-PB e o Sousa. A expectativa é que a partida seja bem disputada e tranquila.

– Eu espero que seja um jogo justo, principalmente sem aquela rivalidade, até porque não existe rivalidade entre nós. Deles eu espero profissionalismo e da partida espero que seja um bom jogo, com situações que nos proporcione conseguir os três pontos, até porque o Inter é o nosso adversário direto por uma vaga na classificação – contou.

Embora Índio trate os dois times como postulantes à classificação para a próxima fase, ambas estão, na verdade, mais próximas da zona de rebaixamento que do G-4. O Sousa é o sétimo colocado, com 17 pontos, quatro abaixo da zona de classificação e três acima do Z-2. Já o Internacional-PB está em oitavo lugar, com um ponto a menos e, portanto, mais ameaçado ainda pela zona da degola.

Ainda sobre o período em que esteve à frente do Colorado, o treinador do Sousa lembrou que, quando saiu de lá, muitos jogadores também deixaram o clube e hoje apenas quatro atletas do plantel conhecido por ele permanecem no Colorado. Índio revelou que, por conhecer o perfil dos jogadores, já avisou aos seus comandados no Sousa que dediquem uma atenção especial a eles.

Quando Índio deixou o Inter-PB, no final de fevereiro, a equipe vivia um bom momento no Campeonato Paraibano: estava no G-4, apesar de viver problemas financeiros. Já no Sousa, a missão não era simples, m as Índio conseguiu tirar o Dinossauro da temida zona de rebaixamento e hoje a equipe ainda tem chances de se classificar para a próxima fase do estadual.

Para o treinador do Sousa, a pausa de quase 10 dias no Campeonato Paraibano, para a disputa das quartas de final da Copa do Nordeste, deu uma quebra no ritmo do Dinossauro, que estava em ascensão na competição, com duas vitórias e um empate. Na visão do treinador, os dias sem jogos tiveram suas vantagens e desvantagens. Foi bom para a recuperação de atletas que estavam no departamento médico e ruim justamente por descontinuar a sequência de jogos que os atletas estava adquirindo.

– Aproveitamos bem esse período sem jogos. Só que, para as nossas pretensões, os 10 dias não foram ideais. A gente vinha de duas vitórias e um empate, uma sequência boa, um ritmo de jogo bom. Essa parada trás um certo prejuízo. Saímos de um ritmo de jogo e entramos num ritmo de treino apenas. Foi bom para recuperar atletas, o cansaço, mas em termos de ritmo de jogo fomos prejudicados – finalizou.

GE

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada