header top bar

section content

Robson aposta em virada do Treze no segundo jogo: “Vamos reverter isso aí”

Volante do Galo reconhece falhas defensivas no primeiro jogo, mas acredita que time vai dar a volta por cima e sair com o título paraibano na partida de volta, próximo domingo, em João Pessoa.

Por Priscila Belmont

02/05/2017 às 10h05

Robson, volante do Treze, ainda acredita no título paraibano (Foto: Reprodução / TV Paraíba)

O Treze precisa vencer o Botafogo-PB por dois gols de diferença no próximo domingo para ficar com o título paraibano. Uma situação complicada, mas que não diminui a confiança do volante Robson. Assim que o árbitro João Bosco Sátiro encerrou o jogo no Amigão, o jogador assumiu a responsabilidade de levantar a moral dos companheiros.

– Temos mais noventa minutos pela frente e tenho certeza de que vamos reverter isso aí. A decisão só acaba no próximo domingo – avisou Robson, que voltou ao time justamente na primeira partida da final do Campeonato Paraibano, depois de ter cumprido suspensão contra o Campinense.

Apesar da confiança, Robson não minimou as falhas do Treze. Pela primeira vez na temporada o time sofreu três gols num mesmo jogo. A derrota também acabou com a invencibilidade do time sob o comando do técnico Celso Teixeira.

– Final é no detalhe e a gente acabou errando muito nesse primeiro jogo. Temos que esquecer isso aí e pensar somente no jogo do próximo domingo.

Os jogadores do Treze também folgaram na segunda-feira e só se reapresentam na terça. A comissão técnica ainda não definiu como serão os treinos da semana, se serão abertos ou fechados para imprensa e torcedores.

Globo Esporte PB

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’