header top bar

section content

Santos será cauteloso para enfrentar o Fla em seu novo caldeirão

Dificuldade do técnico Levir Culpi para montar o seu time será a quantidade de jogadores com problemas de saúde e lesionados

Por Priscila Belmont

28/06/2017 às 09h47

© Gilvan de Souza / Flamengo

O Santos deverá adotar um esquema cauteloso, priorizando os contra-ataques, para enfrentar o Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, na partida de ida entre as equipes pelas quartas de final da Copa do Brasil. A estratégia já foi admitida por jogadores em entrevistas ao longo da semana pelo fato de o time santista sofrer com algumas ausências e pela pressão que o adversário deverá exercer por atuar em sua nova casa.

Mas a intenção do time rubro-negro carioca de transformar o estádio onde passou a mandar os seus jogos nesta temporada em um caldeirão pode ser benéfica para o Santos. Pelo menos na opinião do volante Renato, reforçando a tendência de a equipe atuar de forma mais precavida. “A atmosfera da torcida é grande, (os torcedores) incentivam muito, mas temos de fazer o nosso jogo. Temos de aproveitar os espaços por conta desse ímpeto que leva o time a atacar”, projetou o jogador ao desembarcar no Rio, nesta terça-feira.

A grande dificuldade do técnico Levir Culpi para montar o seu time será a quantidade de jogadores com problemas de saúde e lesionados. A última baixa confirmada na equipe foi a do volante Thiago Maia. Com uma virose, o atleta nem foi relacionado para a partida. Leandro Donizete deverá ocupar a vaga no time titular.

Além dele, o goleiro Vladimir, o meia Lucas Lima, o lateral-direito Victor Ferraz, o volante argentino Vecchio – que sente dores nas costas e também não foi relacionado para o jogo – e os atacantes Bruno Henrique e Kayke apresentaram sintomas de gripe. Apesar de terem sido poupados de treinos, não devem ser dúvidas para o técnico.

A má notícia foi a confirmação do diagnóstico de pneumonia do atacante Ricardo Oliveira, que já está em tratamento no departamento médico e não tem previsão de data para retornar ao time. O centroavante Rodrigão, acometido de uma forte amidalite, também está afastado.

No Flamengo, o clima melhorou após a recuperação da equipe no Campeonato Brasileirão. O time venceu os últimos dois jogos pela competição – contra o Bahia, em Salvador, e Chapecoense (goleada de 5 a 1), no Rio – e aplacou a insatisfação da torcida, que chegou a protestar em frente ao centro de treinamento do clube há semanas atrás.

No entanto, o atacante Guerrero cobrou atenção dos companheiros para não ser surpreendido em casa pelo time santista. “A Copa do Brasil é um dos objetivos da gente neste ano. O Santos é um time qualificado, mas estamos em casa e temos que aproveitar todas as chances que tivermos”, destacou o peruano em entrevista coletiva nesta terça-feira no CT George Helal (Ninho do Urubu).

Para o duelo, o técnico Zé Ricardo deverá ter o retorno da dupla de zaga titular, formada por Juan (que estava suspenso) e Rever (que retorna de contusão). No treinamento desta terça-feira, o treinador fez testes com o meio-campista colombiano Cuéllar no lugar de Willian Arão. Mas a mudança ainda não está confirmada.

Já o atacante Geuvânio, recém-contratado por empréstimo junto ao Tianjin Quanjian, do futebol chinês, treinou com o grupo rubro-negro. Porém, jogador não deverá estrear pelo Flamengo nesta quarta-feira contra o seu ex-time no Brasil.

Noticias ao Minuto

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!