header top bar

section content

Ex-jogador do Grêmio que estava desaparecido é encontrado morto

Os restos mortais encontrados passaram por perícia para que fosse confirmada a identidade de Adair Bicca.

Por Luzia de Sousa

12/10/2017 às 07h33 • atualizado em 11/10/2017 às 16h39

Adair Bicca

Depois de nove meses desaparecido, o ex-jogador de futebol Adair Bicca foi encontrado da pior forma. O corpo do homem foi resgatado, há 15 dias, em um matagal da cidade de Sertão (RS). As informações são do UOL.

Os restos mortais encontrados passaram por perícia para que fosse confirmada a identidade. “O corpo veio para o IML em Passo Fundo e foi submetido à perícia. A polícia confirmou que o corpo é dele”, disse o advogado da família, Ivens Ribas, à Rádio Planalto de Passo Fundo.

Adair jogou no Grêmio nas categorias de base e foi campeão gaúcho de 1966. Defendeu também o Gaúcho de Passo Fundo, Guarany de Bagé, São Borja, Santo Ângelo e o Newell’s Old Boys, da Argentina.

Ele estava desaparecido desde janeiro quando participou de um churrasco com amigos e ex-jogadores, na cidade de Mato Castelhano, a 25 quilômetros de Passo Fundo. Segundo informações, Adair teria pedido uma carona para Passo Fundo e foi visto deixando um veículo no centro da cidade. Câmeras de segurança registraram as últimas imagens do ex-jogador.

Segundo o advogado, o corpo estava no matagal há aproximadamente sete meses, mas só foi encontrado agora. “Eu penso que pode ter sido perda de memória. Nessa situação, a pessoa não sabe quem é, para onde vai, não sabe nada. Tenho a impressão que pode ter acontecido isso com ele”, afirmou.

A polícia já abriu investigação para apurar o fato, porém admite dificuldade pelo estado elevado de decomposição do corpo. Em um primeiro momento, nenhuma linha de investigação é descartada.

Metrópoles

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview