header top bar

section content

Presidente do PSG é alvo de investigação na Suíça

Nasser Al-Khelaïfi é suspeito de corrupção na negociação de direitos de TV da Copa do Mundo de 2026 e 2030

Por Priscila Belmont

13/10/2017 às 09h41

© Christian Hartmann - Reuters

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaïfi, se tornou alvo da Justiça da Suíça na última quarta-feira (11). Ele é suspeito de tentativa de suborno nas negociações de direitos televisivos das Copas do Mundo de 2026 e 2030.

O chefão do PSG, que também é dono do grupo de mídia BeIN, teria oferecido dinheiro a Jerôme Valcke, antigo secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (FIFA), para ficar com os direitos de transmissão do Mundial dos anos mencionados acima.

Jérôme Valcke, de 56 anos, é ex-diretor de marketing e secretário-geral da FIFA, foi condenado em 16 de fevereiro de 2016, em primeira instância, a uma suspensão de 12 anos de toda a atividade relacionada ao futebol e, numa segunda, viu a pena reduzida para 10.

Notícias ao Minuto

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!

TEM POTENCIAL

VÍDEO: Atleta cajazeirense pede ajuda pra realizar sonho de correr a São Silvestre; veja como patrocinar