header top bar

section content

Morre ex-jogador que fez história com a camisa do Cruzeiro

Zé Carlos foi o segundo jogador que mais vestiu a camisa do time mineiro; ele estava com 73 anos

Por Notícias ao Minuto

13/06/2018 às 11h29

© Bruno Senna / Cruzeiro

Morreu na última terça-feira (12) o ex-volante Zé Carlos, segundo jogador que mais vestiu a camisa do Cruzeiro na história: 633 partidas. A causa da morte não foi revelada. No entanto, ele vinha sofrendo com complicações oriundas de um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico ocorrido 2016.

Desde então, Zé ficou com dificuldades para falar e se locomover.

Segundo informações do site oficial do Cruzeiro, Zé defendeu o clube entre os anos de 1966 a 1978. Com a camisa celeste, a qual honrou como poucos, ele fez parte de grandes esquadrões da história do Cruzeiro e conquistou títulos épicos como a Taça Brasil de 1966 e da Copa Libertadores em 1976, além de ter sido campeão mineiro em nove ocasiões (1966/67/68/69/72/73/74/75/77).

Zé ainda jogou pelo Sport de Juiz de Fora, Guarani de Campinas (onde foi campeão brasileiro em 1978) e o Villa Nova-MG.

“Todos nós, da família Cruzeiro, manifestamos neste momento de dor o nosso carinho, compaixão e solidariedade aos amigos, familiares e fãs de Zé Carlos, que sempre terá um cantinho especial no coração de cada cruzeirense e dos amantes do bom futebol”, disse o clube em nota.

O jogador que fez mais partidas do que Zé Carlos pelo Cruzeiro é o goleiro Fábio, que entrou em campo em 775 jogos.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte/606696/morre-ex-jogador-que-fez-historia-com-a-camisa-do-cruzeiro

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula