header top bar

section content

Sousa fecha 2015 com treino em dois turnos e agenda o seu primeiro teste

O elenco do Sousa vem intensificando os treinos no Marizão, ainda incompleto

Por

01/01/2015 às 18h49

Sousa Esporte Clube (foto: Diário do Sertão)

O Botafogo-PB não é o único time paraibano a trabalhar no último dia de 2015. O Sousa, que iniciou a sua pré-temporada no início da semana, treinou em dois períodos no Estádio Marizão e em seguida ganhou folga para as festas de fim de ano. O retorno ao trabalho será no sábado à tarde, quando o treinador Jorge Luis começa a preparar o time para o primeiro jogo-treino da temporada 2016.

O teste será no dia 9, na cidade de Itaporanga, contra um selecionado local. De acordo com o gerente de futebol do Dinossauro, Rafael Abrantes, o Sousa fará ainda mais dois amistosos antes da estreia do time no Campeonato Paraibano, no dia 30 de janeiro, contra o Esporte. As datas já estão definidas: 14 e 17. Os adversários, no entanto, serão conhecidos apenas na próxima semana.

– Faremos um jogo-treino na cidade de Itaporanga, que estará comemorando sua emancipação. Depois estamos agendando dois amistosos contra alguns times do Rio Grande do Norte. Já estamos negociando com essas agremiações e acredito que até a segunda-feira teremos essa definição – disse Rafael.

O elenco do Sousa vem intensificando os treinos no Marizão, ainda incompleto. É que, de acordo com a diretoria, dos atletas que foram contratados, o volante Bruno Ocara ficou de se apresentar no próximo sábado, uma vez que vem cuidando de sua mudança para a cidade de Sousa.

Globoesporte

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’