header top bar

section content

Com gol no fim, São Paulo vence, se classifica à Libertadores e rebaixa Goiás

Tricolor fez 1 a 0 no Serra Dourada e garantiu vaga na competição sul-Americana

Por

07/12/2015 às 07h40

Rogerio comemora gol na vitória contra o Goiás (Foto: Carlos Costa/Futura Press/Folhapress)

O São Paulo conseguiu a última vaga para disputar a Libertadores do ano que vem ao derrotar o Goiás por 1 a 0, na noite deste domingo, no Serra Dourada, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Acompanhe os lances e veja as estatísticas da partida.

O grande herói da partida foi Rogério, que saiu do banco de reservas após se recuperar de lesão na coxa direita e marcou um golaço.

Com esse resultado, o time da casa foi rebaixado e vai disputar a Série B no ano que vem, mesmo contando com o apoio de mais de 30 mil torcedores.

O jogo

A primeira chance real de gol saiu aos 39 minutos, quando Thiago Mendes tabelou com Alan Kardec e Renan defendeu.

O Tricolor foi um time modesto e dependia de Hudson para uma forte marcação e nos lampejos de Thiago e Kardec. Já Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos participaram muito pouco da partida e arrancaram xingamentos da torcida.

No segundo tempo, com os resultados de Figueirense e Avaí, a queda do Goiás foi sendo concretizada.

A primeira alteração, feita após os 30 minutos, irritou a torcida. Wesley entrou no lugar de Bruno.

Milton Cruz sacou Thiago para a entrada de Lyanco, causando recuo exagerado da equipe.

O interino chamou Rogério aos 43 minutos do segundo tempo e viu o talismã driblar a marcação na ponta esquerda e acertou o ângulo.

band

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor