header top bar

section content

Kaká desabafa e diz que quer lutar por uma vaga entre os titulares

Meia diz que Argentina continua com bons jogadores, mesmo sem Messi

Por

09/11/2015 às 07h50

Kaká não quer ficar no banco (Foto: André Mourão/MoWA Press)

O meia Kaká, que se apresentou neste domingo à seleção brasileira, para o jogo de quinta-feira, contra a Argentina, pela Eliminatórias da Copa de 2018, diz que irá lutar por uma vaga entre os titulares da seleção brasileira para os jogos contra Argentina e Peru, pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

"Eu não estou aqui para ficar no banco, mas para buscar uma vaga e lutar por um lugar, sabendo daquilo que eu posso contribuir, mas sempre de uma forma correta, justa, entendendo e respeitando a decisão do treinador", disse.

Experiente, o jogador que atua nos Estados Unidos assegura que ainda pode contribuir muito para o grupo comandado por Dunga.

"Ajuda bastante, não só a minha, mas a do Ricardo (Oliveira) também, que também é um jogador experiente e que pode contribuir. Eu acho que essa mescla de juventude com a experiência é uma boa receita", completou.

Para o meia do Orlando City, o fato de a Argentina não ter vencido nenhum jogo ainda, deixa as coisas ainda mais difíceis para o Brasil.

“É um jogo muito difícil, pois a Argentina vem de dois resultados negativos e quer que a primeira vitória venha contra o Brasil”.

Inspiração nas Eliminatórias de 2010

“Não é fácil, a gente sabe da dificuldade, mas é possível também. A gente teve a experiência do último jogo lá, muito especial para nós, 3 a 1, com a classificação para a Copa de 2010 e é um bom exemplo para seguirmos.”

Retorno de Neymar

“É muito bom tê-lo de volta, porque é um jogador fundamental para a Seleção, vive um excelente momento e é excelente para nós tê-lo para esse jogo.”

Messi fora

“Com a ausência do Messi, claro que a Argentina perde muito, mas não deixa de ter jogadores de nome e que também podem decidir o jogo a qualquer momento."

Band

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares