header top bar

section content

Brasileirão não terá mais G-3 e agora tem grandes chances de ter G-5

A briga pela quarta posição no Brasileirão está entre Santos (50 pontos), São Paulo (50), Internacional (50), Sport (49), Palmeiras (48) e Ponte Preta (47)

Por

30/10/2015 às 07h33

Palmeiras e Santos podem aumentar G-4 do Brasileirão para G-5 (Foto: Gazeta Press)

Os times que estão na briga por uma vaga na Libertadores pelo Campeonato Brasileiro agora respiram bem mais aliviados. Afinal de contas, a quarta-feira foi ótima, definiu que o torneio nacional não terá um G-3 para definir os classificados à competição continental e, de quebra, aumentou bastante a chance de ter, na verdade, um G-5.

O fim das chances de G-3 aconteceu pelo fim do sonho brasileiro na Copa Sul-Americana. O Atlético-PR sucumbiu diante da pressão paraguaia do Sportivo Luqueño, enquanto a Chapecoense parou na trave e acabou eliminada pelo poderoso River Plate. A competição dá vaga direta à Libertadores ao campeão, mas tiraria uma vaga do Brasileirão caso o troféu ficasse com um time brasileiro.

Por outro lado, a chance de G-5 ficou ainda maior porque dois times que estão na briga no Brasileirão farão a decisão da Copa do Brasil, que também dá vaga à Libertadores, mas sem retirar uma vaga do outro torneio nacional.

O Santos, aliás, é o atual quarto colocado do Brasileirão. Hoje, se fosse campeão da Copa do Brasil, daria a vaga ao quinto colocado São Paulo. Já o Palmeiras é o atual oitavo, mas está apenas dois pontos atrás dos santistas.

A briga pela quarta posição no Brasileirão está entre Santos (50 pontos), São Paulo (50), Internacional (50), Sport (49), Palmeiras (48) e Ponte Preta (47).

MSN

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula