header top bar

section content

Clube paraibano faz homenagem no aniversário de 75 anos do Rei Pelé

Lucena, equipe do litoral paraibano, mas que adotou Campina Grande como sede, já tinha aposentado a camisa 10 por causa de Pelé e fez mais uma reverência ao jogador

Por

24/10/2015 às 12h39

Lucena fez uma homenagem aos 75 anos do Rei Pelé (Foto: Divulgação / Lucena)

O aniversário do maior jogador de futebol de todos os tempos não ficou sem registro na Paraíba. O Lucena, time da primeira divisão estadual, que nasceu no Litoral do estado, mas que adotou Campina Grande como sua sede nesta temporada, divulgou em seu site uma homenagem ao Rei Pelé, que  completou 75 anos de idade hoje e ganhou reverências mundo à fora. 

– Parabéns rei do futebol. A 10 do Tubarão do Norte é sua! A camisa 10 de Pelé, o Lucena eternizou – dizia a mensagem divulgada pela diretoria do Lucena através de sua página na internet.

A equipe paraibana tem uma história bem interessante com relação ao Rei Pelé. Desde sua fundação, no ano de 2008, o Lucena decidiu que não utilizaria a camisa de número 10, justamente para homenagear Edson Arantes do Nascimento, que foi responsável por criar toda a mística em torno do número, como o qual conquistou três Copas do Mundo pela Seleção Brasileira, além de diversos títulos pelo Santos e demais clubes onde passou.

O presidente do clube, que por diversas vezes também atuou como treinador, Domício Leite, disse pouco antes do começo da temporada, que a atitude era uma forma de homenagear, além de Pelé, seu pai, José Leite, a quem ele define como o "fã número um do rei".

– O maior fã que Pelé já teve foi o meu pai. Quando estava vivo, sempre dizia: “quando for discutir futebol, não coloque Pelé no meio. Pelé é separado dos outros”. Ou seja, não se pode querer discutir Pelé com Maradona, ou Pelé com Garrincha. Isso não existe. Pelé é Pelé. Não só o rei do futebol, como o atleta do século. Não era para nenhum time do mundo usar a camisa 10, principalmente Santos e Cosmos, porque essa é a camisa do rei do futebol. No meu time, nunca se usa a camisa 10 – disse Domício, que já se tornou um dos personagens mais folclóricos do futebol paraibano.

Em 2015, seu primeiro ano atuando na elite do Campeonato Paraibano, o Lucena não conseguiu fazer uma boa campanha e foi rebaixado.

GE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018