header top bar

section content

Presidente do Sousa apoia idéia de um Campeonato Paraibano “maior”, mas afirma: “que tenha começo, meio e fim”.

Presidente do Sousa pede que clubes entrem em campo sabendo quando a disputa termina. Em 2014 e 2015, o Paraíbano se estendeu até as copas do Mundo e América

Por

17/10/2015 às 17h43

Aldeone Abrantes, presidente do Sousa (Foto: Larissa Keren / GloboEsporte.com/pb)

O presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, declarou essa semana que concorda com a proposta da Federação Paraibana de Futebol de começar o Campeonato Paraibano de 2016 em janeiro e montar uma fórmula de disputas com mais datas. Mas fez uma ressalva: diferente do que aconteceu nos dois últimos anos, ele pediu que “a competição desta vez tenha começo, meio e fim”. 

Aldeone lembra que os dois últimos campeonatos sofreram paralisações em plena disputa por causa da participação de clubes como Botafogo-PB, Treze e Campinense em competições nacionais. E que isto atrapalhou e muito a participação dos clubes menores na disputa.

– Acho interessante essa ideia da Federação em iniciar o campeonato em janeiro. No entanto, queremos um campeonato com datas certas. Sem interrupção, para evitar a bagunça que se transformou os campeonatos de 2014 e 2015. A fórmula de disputa que pretendo levar para o arbitral é a da seriedade. Eu só quero saber se o campeonato vai começar e terminar. Se fizerem um campeonato sério, tem como os times menores encararem de frente os grandes – declarou.

Depois, ele pediu cuidado aos clubes no conselho arbitral, que vai ser realizado (ainda sem data definida) justamente para definir as regras do Paraibano 2016.

– Mais do que nunca, quero fazer um apelo aos outros clubes. Se não prestarem atenção, vai piorar. Então é preciso que a gente chegue no dia do arbitral e cobre.

As datas vão ser respeitadas? O campeonato vai ter começo, meio e fim? São estas interrogações que vamos levar para a reunião – pontuou o dirigente sousense.

Nos últimos dois anos, o Campeonato Paraibano se estendeu bem mais do que o previsto. Em 2014, por exemplo, a fase final foi realizada paralelamente à Copa do Mundo. Em 2015, aconteceu o mesmo com a Copa América.

DIÁRIO ESPORTIVO com Globo esporte

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!