header top bar

section content

Dunga veta jogadores que atuam na China e Robinho perde espaço na seleção

Além do ex-santista, Tardelli também esteve na Copa América e ficou fora das Eliminatórias

Por

18/09/2015 às 09h00

Jogadores que atuam em campeonatos mais fracos, como na China e nos Emirados Árabes, merecem um lugar na seleção? A eterna questão parece já estar resolvida na cabeça do técnico Dunga. Em sua primeira convocação para as Eliminatórias da Copa 2018, o treinador deixou de fora alguns nomes que vinha chamado e deu preferência aos atletas que atuam nos grandes centros.

Robinho, hoje no Guangzhou Evergrande, foi um dos líderes do grupo que disputou a Copa América, mas não apareceu entre os 23 convocados mesmo com a ausência de Neymar, que cumpre suspensão. Como ele, Diego Tardelli, Ricardo Goulart e Paulinho, que também atuam na China, foram preteridos, assim como Everton Ribeiro, do Al Ahli (Emirados Árabes Unidos).

A vinda de jogadores fora de grandes centros também esbarra em uma questão geográfica. Uma viagem desses centros para a América do Sul não demora menos de um dia para ir e outro para voltar.

A opção de Dunga certifica também a escolha de Lucas Lima, meia do Santos que recusou uma transferência para o exterior de olho em uma vaga na seleção.

"Sonhamos em vestira a camisa amarela. Eu permaneci no Santos para tentar essa chance e ela aconteceu. Hoje, eu vejo que fiz a escolha certa. É fruto do trabalho. Desde o começo do ano venho batalhando forte para isso acontecer", comemorou Lucas Lima, um dos convocados e que nos últimos amistosos do Brasil, contra Costa Rica e Estados Unidos, atuou como titular.

Nesta quinta-feira (17) o técnico Dunga anunciou os jogadores convocados para a estreia da seleção brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A grande surpresa da lista foi o meio-campista corintiano Renato Augusto.

Os primeiros desafios da seleção serão contra Chile e Venezuela. O Brasil estreia fora de casa, diante dos chilenos, no dia 8 de outubro, às 20h30. No dia 13, será a vez de encarar os venezuelanos em Fortaleza.

R7

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula