header top bar

section content

Brasil faz pior jogo do ano, perde para Colômbia e fica sem Neymar em ‘decisão’

O time canarinho abusou das faltas próximas à área e acabou sendo penalizado aos 35 minutos do primeiro tempo.

Por

18/06/2015 às 07h42

Neymar lamenta durante Brasil e Colômbia ( Foto: Getty Images)

A decisão da vaga na próxima fase ganhou contornos dramáticos para o Brasil. Em noite sofrível, a seleção foi dominada pela Colômbia, perdeu por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Estádo Monumental, em Santiago, e ainda não terá Neymar, suspenso, na 'decisão' contra a Venezuela, na última rodada, no próximo domingo.

O time canarinho abusou das faltas próximas à área e acabou sendo penalizado aos 35 minutos do primeiro tempo.

Mesmo cercado, Radamel Falcão García foi derrubado por Fred do lado direito. Cuadrado cruzou na área, Daniel Alves afastou mal e Jeison Murillo aproveitou o bate-rebate para abrir o placar.

Não funcionaram as mudanças feitas por Dunga: ele surpreendeu na escalação trocando David Luiz e Diego Tardelli por Thiago Silva e Roberto Firmino, respectivamente. O Brasil fez especialmente o primeiro tempo abaixo da média.

Atuando mais uma vez como 'visitante' diante da maioria colombiana, a seleção não conseguiu se encontrar em campo e sofreu com a falta de tranquilidade no meio-de-campo. A bola passava pelo setor, mas não parava. Willian esteve novamente apagado, Firmino se escondia e Fred não conseguia completar uma jogada.

Neymar, por sua vez, exagerava no individualismo.

Como resultado, foram mais de 20 minutos sem um finalização no gol.

A Colômbia, por outro lado, não sentia a pressão de ter de vencer após largar perdendo para a Venezuela e contava com Carlos Sánchez em uma noite impecável para anular o meio brasileiro e chegar bem ao ataque.

O prejuízo do Brasil poderia ter sido ainda maior: Sanchez e Cuadrado, em excelente combinação com James e Teo Gutiérrez, desperdiçaram a chance de aumentar.

Para piorar, na melhor chance na etapa inicial, aos 44 minutos, Daniel Alves mandou na área e Neymar, sozinho, cabeceou para milagre de Ospina. No rebote, o craque do Barcelona tocou com a mão na bola e recebeu o cartão. Ele está fora da rodada final contra a Venezuela por segundo amarelo.

No intervalo, Dunga tentou corrigir a falha no meio-campo e voltou com Phillipe Coutinho, enfim, recuperado, no lugar de Fred.

A equipe melhorou.

Com o jogo parelho, Neymar levou perigo de um lado e Cuadrado do outro até que Firmino, aos 13 minutos do segundo tempo, perdeu a oportunidade mais incrível da partida. Murillo recuou mal para Ospina, que dividiu com Elias, levou a pior e viu o atacante do Hoffenheim, com o gol aberto, chutar por cima. 
Surreal.

O time seguia falhando no passe final e ainda voltou a fazer falta rente à área. A dinâmica seguiu a mesma até o fim.

Foram 44.008 mil pessoas no Monumental.

Com o resultado, a Colômbia iguala Brasil e Venezuela com três pontos, na primeira colocação, mas os venezuelos ainda entram em campo contra o Peru, nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em Valparaíso.

MSN

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan