header top bar

section content

David Luiz vê Brasil mais maduro do que na Copa e destaca versatilidade

Zagueiro elogia inteligência tática dos jogadores, diz que Dunga pode variar esquema de jogo e destaca amadurecimento dos remanescentes do fiasco na Copa do Mundo

Por

12/06/2015 às 08h34

David Luiz em entrevista coletiva (Foto: Alexandre Lozetti / GloboEsporte.com)

A Copa América se aproxima e os jogadores do Brasil cada vez mais são indagados a respeito das diferenças dessa competição para a Copa do Mundo do ano passado. David Luiz, um dos líderes daquela e dessa Seleção, destacou a versatilidade dos jogadores que compõem o grupo atual. Para ele, Dunga pode alterar a maneira de atuar sem precisar fazer substituições.

– Uma das grandes qualidades desse grupo é ter variações táticas com os mesmos nomes. 

Dentro de uma partida, pode mudar a posição sem mudar o jogador, devido à inteligência que esses jogadores têm, à qualidade na parte tática. O Dunga está bem servido nesse quesito porque pode optar por inúmeros esquemas táticos. Vamos saber agir da melhor forma.
Titular da equipe que fará sua estreia no próximo domingo, contra o Peru, em Temuco, o carismático zagueiro, que só costumar perder em aplausos para Neymar quando a Seleção joga no país, também destacou o amadurecimento dos jogadores que disputaram a Copa e seguem no grupo, e aceitou as cobranças e exigências feitas na véspera da Copa América.

FRIO E CHUVA NO CHILE
Estamos acostumados. Os jogadores atuam na Europa há algum tempo, dá para tirar de letra.

DEZ VITÓRIAS SEGUIDAS
É o melhor recomeço que poderíamos ter contra grandes adversários. Conseguimos nos preparar bem para essa competição que será muito difícil.

PREPARAÇÃO
Os jogadores que passaram pela Copa do Mundo estão há mais tempo na Seleção, com amadurecimento maior e uma preparação diferente. Estamos trabalhando todos os dias para evoluir, aprender, crescer e ganhar uma das Copas Américas mais difíceis, com grandes gerações, o Chile em casa, a Colômbia com grandes jogadores e Uruguai e Argentina sempre muito fortes.

ATACANTES DA COPA AMÉRICA
O Neymar é o principal jogador da Seleção e temos muita sorte de termos outros grandes jogadores desse nível. É natural falar dos atacantes de outras seleções, são caras que fazem diferença mundo afora. Será uma Copa América marcada por grandes nomes e a diferença individual poderá ser um grande fator nessa competição.

RESPONSABILIDADE
Temos que provar todos os dias que temos valor para estarmos na seleção brasileira. Se tivéssemos ganhado a Copa do Mundo, iríamos para a Copa América com a mesma responsabilidade de ganhar e mostrar bom futebol porque os jogadores e técnicos que passaram por aqui sempre colocaram em nível alto. A cobrança e a exigência fazem parte de quem representa uma seleção.

GE

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!