header top bar

section content

Treze e Auto Esporte ficam no empate e se complicam na luta pelo título

Os dois times seguem sem vencer no quadrangular final do Paraibano e perderam uma grande oportunidade de se aproximar dos líderes Campinense e Botafogo-PB

Por

05/06/2015 às 08h00

Equipes agora têm situação bastante complicada na tabela de classificação (Foto: Silas Batista

Treze e Auto Esporte entraram em campo, nesta quinta-feira, com uma motivação extra, por conta da vitória do Botafogo em cima do Campinense no dia anterior. Mas os dois times não passaram de um empate por 1 a 1, no Estádio Amigão, em Campina Grande, e já não dependem mais de seus esforços para chegar ao título do Campeonato Paraibano.

O resultado deixou as equipes com três pontos atrás do Belo, e a quatro do Campinense, o líder do quadrangular, os seus próximos adversários da penúltima rodada, que acontece na semana que vem. O Auto vai receber a Raposa, com quem trava outra disputar particular pela vaga na Série D do Brasileiro. Já o Alvinegro recebe o Bota, no Amigão. 

No duelo desta quinta, Gil Bala marcou para os visitantes, enquanto que Nonato empatou para o Alvinegro, ambos no primeiro tempo. 

Experiência resolve no primeiro tempo
Necessitando da vitória, Treze e Auto Esporte começaram a partida buscando o gol. Mesmo fora de casa, o time visitante foi ao ataque com Jair. O lateral cruzou, mas Léo Rodrigues fez a defesa sem problemas. A resposta do Galo foi imediata. O meia André Beleza arriscou chute forte de fora da área e o goleiro Vladimir faz boa defesa.

Animado, o Alvinegro passou a pressionar o Auto.  Zotti cobrou falta da entrada da área e o goleiro do Alvirrubro deu rebote. Na sobra, Nonato chutou e a defesa alvirrubra salvou em cima da linha. 

Depois de duas tentativas de chegar ao gol, o Auto Esporte saiu na frente. Em contra-ataque,  Felipe Ramon lançou Jó Boy, que faz boa jogada e cruzou para Gil Bala. O meia teve calma e só deslocou o goleiro Léo Rodrigues,aos 33 minutos. O gol não desanimou o Treze, que chegou ao empate aos 42 minutos.  Zotti cobrou para a área e Nonato se antecipou à defesa do Auto para deixar tudo igual no Amigão.

Galo vai para o ataque e deixa defesa exposta
O panorama do segundo tempo não mudou. Os dois times voltaram com a mesma disposição. Com 55 segundos de bola rolando, o Treze deu a primeira chegada. Marcelo Maciel avançou pela direita e chutou cruzado, mas a bola passou por toda a área e ninguém apareceu para empurrar para o gol.

O Auto respondeu com Rafael Speda. Ele saiu driblando todo mundo e foi derrubado na entrada da área. Falta. Gil Bala cobrou, mas o goleiro Léo Rodrigues segurou firme. O Galo teve uma boa chance de virar o jogo, aos 23 minutos. André Beleza cobrou escanteio. Alisson cabeceou e a defesa cortou. No sobra, a bola sobrou limpa para Nonato, que cabeceou na trave. 

O tempo ia passando. No finalzinho, os dois times criaram algumas chances, mas não conseguiram balançar as redes. E saíram de campo amargando mais um empate para frustração das torcidas.

GE

Tags:
NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

VÍDEO!

Diário esportivo fala sobre os craques da Copa do Mundo e o futebol amador da cidade de Cajazeiras