header top bar

section content

Campinense empata com o Botafogo e mantém boa vantagem na ponta

Diferença entre os dois times segue de quatro pontos. Raposa está ficando perto do título, que não sai desde 2012. Times voltam a se enfrentar na próxima semana

Por

28/05/2015 às 07h26

Campinense empata com o Botafogo e mantém boa vantagem na ponta

Em um clássico que foi marcado por mistério e polêmica antes da bola rolar, Campinense e Botafogo empataram em 1 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio Amigão, em Campina Grande. Os gols saíram no primeiro tempo, em que os dois times produziram os melhores lances do clássico.

O Belo saiu na frente com gol de João Paulo. A Raposa empatou com Felipe Alves, cobrando uma penalidade máxima. Com o resultado, o time rubro-negro manteve quatro pontos de diferença do time botafoguense, que pode perder a vice-liderança para Auto Esporte ou Treze, que fecham a terceira rodada nesta quinta-feira.

Botafogo e Campinense voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, agora no Estádio Almeidão, em João Pessoa, pela quarta rodada.   

Campinense e Botafogo fizeram um primeiro tempo bastante disputado. Digno de uma decisão. Jogando em casa, a Raposa partiu para o ataque e quase abriu o placar aos seis minutos. 

Osvaldir cobrou falta da entrada da área e obrigou o goleiro Edson a fazer a defesa em dois tempos. A resposta do Belo foi imediata. E fatal. Após jogada rápida, João Paulo recebeu de Guto, viu Gledson adiantado e chutou no ângulo. Sem chances para o goleiro raposeiro. 

Com o gol sofrido, o Rubro-negro passou a buscar o empate. Mas o time botafoguense jogava melhor. E teve boa chance de ampliar aos 22 minutos. Doda chutou forte de fora da área e Gledson segurou com dificuldade. Passado o susto, o Rubro-negro equilibrou as ações e insistiu na busca do empate. A recompensa veio no finalzinho. Felipe Alves avançou e sofreu falta de Guto dentro da área. Pênalti. O próprio atacante foi para cobrança e empatou. Com direito a ‘cavadinha’.

Ao contrário da primeira etapa, os dois times fizeram um jogo trucando. Aos três minutos, o Campinense chegou primeiro na área adversária. Jefferson Recife avançou pela esquerda e chutou forte. Mas para a felicidade do Belo, a bola passou rente ao poste esquerdo do goleiro de Edson. A equipe pessoense respondeu aos 14 minutos. Guto lançou para Rafael Oliveira dentro da área. Só que o atacante chegou atrasado no lance. O segundo tempo não passou muito disto. Um ou outro time atacava, criava algumas emoções, mas erravam a finalização. Foi isso.

GE

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’