header top bar

section content

Weidman fatura mais de R$ 9 mil por segundo em vitória sobre Vitor Belfort no UFC

Campeão dos médios coloca mais de R$ 1,5 milhão em sua conta bancária, enquanto brasileiro leva R$ 944 mil. Derrotado por Cormier, Johnson é o mais bem pago do card

Por

27/05/2015 às 07h50

Weidman não tomou conhecido de Vitor Belfort no UFC 187, em Las Vegas (Foto: AP Photo/John Locher)

Chris Weidman tem muitos motivos para comemorar a vitória sobre Vitor Belfort, no UFC 187, realizado no último sábado, em Las Vegas. O americano, que manteve o cinturão do peso-médio, faturou US$ 500 mil (cerca de R$ 1,576 milhão) – US$ 250 mil pela luta e mais a mesma quantia pelo triunfo. São cerca de R$ 9 mil por segundo que esteve no octógono, segundo dos valores divulgados nesta terça-feira pela Comissão Atlética de Nevada.

Derrotado no primeiro round por nocaute técnico, o desafiante brasileiro perdeu a chance de conquistar seu terceiro título do Ultimate, porém, deixou o octógono com US$ 300 mil (aproximadamente R$ 944 mil).

Integrantes da principal luta da noite, Daniel Cormier e Anthony Johnson apresentaram números bem distintos. O primeiro, que venceu por finalização e faturou o cinturão dos meio-pesados, abocanhou US$ 180 mil (aproximadamente R$ 566 mil) –  incluindo o bônus de US$ 90 mil. Já "Rumble" embolsou US$ 500 mil (cerca de R$ 1,576 milhão), valor idêntico ao de Weidman e mais alto que os demais atletas desta edição.

Band

Tags:
PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras