header top bar

section content

O Sonho acabou? Botafogo da PB perde para xará e dá adeus a sonho

Alvinegro joga mal, mas garante vaga na próxima fase da Copa do Brasil com vitória sobre o Botafogo-PB, no Estádio Nilton Santos. Adversário será o Capivariano Avalie os jogadores do Botafogo contra

Por

16/04/2015 às 08h35

Botafogo da PB perde para xará e dá adeus a sonho (Foto: Globo Esporte/PB)

Era para ser uma noite de festa no Estádio Nilton Santos. O que se viu, no entanto, foi uma quarta-feira de apreensão, falhas, gols e alívio. Em recuperação de uma cirurgia no joelho, Jefferson pintou em campo antes do jogo e ergueu o troféu da Taça Guanabara. A celebração, porém, parou por aí.

Com a bola rolando, o Botafogo jogou mal e ouviu vaias, a ponto de o técnico René Simões afirmar no intervalo que a "faixa de campeão estava pesando". 
Apesar do sofrimento, a equipe carioca fez o dever de casa, venceu o Botafogo-PB por 4 a 2 e avançou à próxima fase da Copa do Brasil. Bill,Tomas, Willian Arão e Sassá marcaram para o Alvinegro, e Gustavo e Aírton descontaram para o Belo.

Como o jogo de ida, há duas semanas, em João Pessoa, terminou empatado em 2 a 2, o Botafogo avançou com a vitória em casa. O Capivariano-SP será adversário na próxima fase. A CBF, no entanto, ainda não divulgou as datas do confronto.

Apenas 4.118 torcedores pagaram ingresso para assistir ao jogo, gerando uma renda de R$ 70.720 – o público total presente no Estádio Nilton Santos foi de 4.747 pessoas.

Sem esforço, o Botafogo saiu na frente. Aos 15, Bill aproveitou rebote do goleiro em cabeçada de Jobson. Aparentemente assustada, a equipe paraibana não esboçou reação e logo sofreu mais um. Tomas aproveitou passe de Arão e ampliou. Nos dois lances, Elvis iniciou as jogadas. O 10, mais uma vez, foi o grande destaque alvinegro. A tranquilidade, entretanto, deu lugar à apreensão na última jogada da etapa. Em bela cobrança de falta, Gustavo acertou o ângulo e descontou para o Belo.

Na volta do intervalo, René trocou Jobson por Pimpão, mas os paraibanos assumiram o controle. 
Renan impediu o gol de empate que levaria a partida para os pênaltis. Quando surgiam as primeiras vaias para o time e gritos de "burro" para o treinador, Willian Arão tabelou com Pimpão e chutou de canhota no cantinho. As emoções, no entanto, não pararam por aí. Aos 34, Aírton fez o segundo do Botafogo-PB e deixou os paraibanos a um gol da classificação. Sassá salvou no fim.

GE

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan