header top bar

section content

Botafogo-PB enfrenta o vice-lanterna Lucena em busca de se manter líder

Clube de João Pessoa precisa de pelo menos um empate para seguir na ponta de forma isolada, mas a ordem no Belo é garantir a vitória e se aproximar da classificação

Por

08/04/2015 às 11h15

Líder isolado do Campeonato Paraibano com 23 pontos, três a mais que o Treze, o Botafogo tem nesta quarta-feira uma boa chance de manter a sua folga na tabela. Isso porque o Belo recebe o Lucena, penúltimo colocado, em jogo marcado para as 20h30, no Estádio Almeidão.

Apesar da aparente fragilidade do adversário, a ordem é não menosprezar o Tubarão do Porto. Essa, aliás, foi a tônica da conversa do técnico Marcelo Vilar com os jogadores no treino de ontem, na Maravilha do Contorno. E parece que foi bem assimilado pelos comandados.

– Acho que o Botafogo só perde para ele mesmo. Não podemos achar que vai ser um  jogo fácil, pois isso só vai complicar mais as coisas – avisa Carlinho Rech, que mais uma vez deve atuar no lugar de Mauro, vetado por uma contusão no calcanhar.
Além dele, Marcelo Vilar tem outra baixa em relação ao time que venceu o Treze, no clássico do último domingo. Isso porque o meia Doda foi expulso e deve dar lugar a Bismarck na partida.

Do lado do Lucena, a briga é contra o rebaixamento. O Tubarão foi ultrapassado pelo Atlético de Cajazeiras e agora joga pressionado por um bom resultado. Para piorar, o técnico Domício Leite tem uma série de problemas, com sete jogadores entregues ao departamento médico. Sem opções, deve recorrer aos juniores.

GE

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada