header top bar

section content

Sousa empata em 1 a 1 e se complica diante de suas metas

Tubarão está cada vez mais ameaçado de rebaixamento; Dinossauro cada vez mais longe do G-4. Resultado no Amigão é ruim para a campanha de ambos no estadual

Por

25/03/2015 às 08h05

Roberto Carlos, técnico do Sousa (Foto: Juliana Bandeira / GloboEsporte.com/pb)

Em um dos piores jogos do Campeonato Paraibano até aqui, Lucena e Sousa empataram em 1 a 1 e se complicaram em suas respectivas pretensões na competição. O jogo foi realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande, e foi visto por um público inferior a 30 torcedores. Que viram um primeiro tempo incrivelmente ruim, mas com um belo gol do Sousa; e um segundo tempo todo do Lucena, mas que o time mostrou incompetência na finalização.

O resumo é simples. Na etapa inicial, pouco se viu de interessante. Mas aos 32 minutos, quando o Dinossauro teve uma falta frontal a seu favor, prevaleceu a qualidade individual de Gilberto Matuto. Ele bateu bem na bola, que encobriu a zaga adversária e entrou caprichosamente dentro do gol.

No segundo tempo, o Lucena mudou de uniforme. E de postura. Conseguiu assim criar as melhores chances de gol. Mas foi aí a vez de mostrar por outras vias quando um time joga mal. 

Criou ao menos quatro boas chances de gols, mas abusou de errar finalizações. E de todas, que poderia render uma virada triunfante, apenas uma entrou. Em cobrança de escanteio, Alemão de cabeça colocou lá dentro, aos 18 minutos.

Antes e depois disto, foi um festival de gols perdidos. No pior deles, Dú chegou a driblar o goleiro, mas na hora de chutar acertou a trave.

O empate é terrível para ambos. Com apenas 13 pontos e em sexto lugar, o Dinossauro está três pontos atrás do Campinense, que está no G-4. O problema da equipe é que ela já tem 11 jogos, mais do que qualquer outro time na competição. A Raposa, por exemplo, tem apenas oito. Já o Lucena, com nove pontos em 10 jogos, está apenas um ponto a frente do Atlético de Cajazeiras. Mas tem dois jogos a mais.

GE

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan