header top bar

section content

Sousa empata em 1 a 1 e se complica diante de suas metas

Tubarão está cada vez mais ameaçado de rebaixamento; Dinossauro cada vez mais longe do G-4. Resultado no Amigão é ruim para a campanha de ambos no estadual

Por

25/03/2015 às 08h05

Roberto Carlos, técnico do Sousa (Foto: Juliana Bandeira / GloboEsporte.com/pb)

Em um dos piores jogos do Campeonato Paraibano até aqui, Lucena e Sousa empataram em 1 a 1 e se complicaram em suas respectivas pretensões na competição. O jogo foi realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande, e foi visto por um público inferior a 30 torcedores. Que viram um primeiro tempo incrivelmente ruim, mas com um belo gol do Sousa; e um segundo tempo todo do Lucena, mas que o time mostrou incompetência na finalização.

O resumo é simples. Na etapa inicial, pouco se viu de interessante. Mas aos 32 minutos, quando o Dinossauro teve uma falta frontal a seu favor, prevaleceu a qualidade individual de Gilberto Matuto. Ele bateu bem na bola, que encobriu a zaga adversária e entrou caprichosamente dentro do gol.

No segundo tempo, o Lucena mudou de uniforme. E de postura. Conseguiu assim criar as melhores chances de gol. Mas foi aí a vez de mostrar por outras vias quando um time joga mal. 

Criou ao menos quatro boas chances de gols, mas abusou de errar finalizações. E de todas, que poderia render uma virada triunfante, apenas uma entrou. Em cobrança de escanteio, Alemão de cabeça colocou lá dentro, aos 18 minutos.

Antes e depois disto, foi um festival de gols perdidos. No pior deles, Dú chegou a driblar o goleiro, mas na hora de chutar acertou a trave.

O empate é terrível para ambos. Com apenas 13 pontos e em sexto lugar, o Dinossauro está três pontos atrás do Campinense, que está no G-4. O problema da equipe é que ela já tem 11 jogos, mais do que qualquer outro time na competição. A Raposa, por exemplo, tem apenas oito. Já o Lucena, com nove pontos em 10 jogos, está apenas um ponto a frente do Atlético de Cajazeiras. Mas tem dois jogos a mais.

GE

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!