header top bar

section content

Despedida: Jogador cai em lágrimas ao sair de campo sob gritos da torcida. “Ôôôô, eterno”

Lateral direito deixa o clube carioca após dez anos e vai defender o Fort Lauderdale Strikers

Por

05/03/2015 às 07h35

Léo Moura se emocionou na despedida do Flamengo (Foto: Marcello Dias/Futura Press/Folhapress)

Na despedida de Léo Moura, que vai defender o Fort Lauderdale Strikers, o Flamengo derrotou o Nacional-URU por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã. Os gols rubro-negros foram anotados por Eduardo da Silva e Matheus Sávio.

Antes da partida, chamada de "A Última do Moicano", o lateral direito Léo Moura foi homenageado e recebeu uma placa do ídolo Zico pelos dez anos em que esteve na Gávea.

A primeira chance de gol do jogo aconteceu aos 17 minutos. Gabriel cruzou para a área e Marcelo Cirino finalizou por cima da meta adversária.

Dois minutos depois, no entanto, o Rubro-Negro abriu o placar. Léo Moura, o homenageado da noite, fez o passe para Eduardo da Silva, que finalizou no canto de Jorge Bava.

O Fla teve a chance de fazer o terceiro aos 25. Léo recebeu na direita e fez o cruzamento. Marcelo Cirino recebeu e chutou, mas a bola foi para fora.

A etapa final começou como foi a primeira: com o Flamengo no ataque. E logo aos seis minutos saiu o segundo gol. Após chute de Luiz Antônio na trave, a bola sobrou para Matheus Sávio, que entrou no intervalo. O atacante finalizou forte e ampliou o marcador.

Aos nove minutos, Léo Moura foi substituído por Pará. Na saída de campo, sob os gritos da torcida de "ôôô, Léo Moura eterno", se emocionou e caiu em lágrimas, antes de abraçar o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Aos 18, o Rubro-Negro quase anotou o terceiro gol. Jonas arriscou de muito longe e Jorge Bava fez a defesa. O goleiro adversário voltou a aparecer aos 27, após finalização de Cáceres.

O Nacional teve a única chance de gol aos 35 minutos. Victor Hugo finalizou de primeira, a bola desviou em Pará e saiu pela linha de fundo.

Após o apito final, nova comemoração aconteceu no gramado do Maracanã. Com uma bandeira do Flamengo, Léo Moura deu uma volta olímpica com o hino rubro-negro de fundo.

Estava decretado. Fim de vitória. Fim de festa. Fim da trajetória do lateral no clube.

O Flamengo volta a campo neste sábado, às 16h, quando enfrenta o Friburguense, no Engenhão, pela oitava rodada do Campeonato Carioca.

Band

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan