header top bar

section content

Anderson Silva quebra silêncio e nega doping: ‘Não sei do que me desculpar’

Não falarei nada sobre quem sou ou que fiz e passei até chegar aqui, declara Anderson.

Por

20/02/2015 às 09h20

© Getty Anderson Silva participa de treino em Las Vegas às vésperas da luta contra Chris Weidman

Depois de não comparecer à audiência da Comissão Atlética do Estado de Nevado (NASC) e manter o silêncio diante dos resultados positivos para o uso de anabolizantes, Anderson Silva enfim resolveu falar na madrugada desta sexta-feira.

O ex-campeão dos médios do UFC, porém, ainda nega ter se dopado. "Não sei do que me desculpar, pois ainda aguardo o resultado dos exames e a análise dos médicos e especialistas que trabalham para revelar a verdade", disse Silva, em um comunicado em seu Instagram oficial.

Anderson Silva também afirmou que irá buscar "a verdade tanto quanto todos que se surpreenderam com os resultados divulgados".

O brasileiro de 39 anos foi suspenso de forma preventiva até o mês de março do UFC até que o seu julgamento tenha uma data marcada e o imbróglio seja resolvido. A expectativa é que ele fique de fora do octógono por cerca de um ano

Veja abaixo o comunicado completo do lutador em seu Instagram:

Não falarei nada sobre quem sou ou que fiz e passei até chegar aqui.

O que me importa agora é o respeito dos que me acompanharam até este momento da minha carreira.

Sangrei, sofri e lutei porque amo e porque sempre quis honrar e defender a bandeira do país que tanto amo.

Não sei do que me desculpar, pois ainda aguardo o resultado dos exames e a análise dos médicos e especialistas que trabalham para revelar a verdade.

Todos os remédios que tomei desde a minha fratura estão sendo analisados. Busco a verdade tanto quanto todos que se surpreenderam com os resultados divulgados.

Em dezoito anos de carreira, nunca tive problemas com exames. Sempre joguei limpo. Nunca fui trapaceiro.

Dentro e fora do octógono jamais vacilei no respeito aos princípios que sempre me pautaram. Com muita honra e dignidade defendi meu País onde quer que lutei.

Nunca usei qualquer substância para aumentar minha performance nas lutas.

Amo o que faço e jamais poria em risco o que levei tanto tempo para construir. Acho injusta a pressa que alguns têm em me condenar.

O tempo que se leva para destruir uma reputação é infinitamente menor do que aquele empenhado em construí-la.

Sou o maior interessado no esclarecimento desse episódio. Quero que os que sempre me prestigiaram saibam que continuo lutando para que todas as sombras sobre esse triste episódio sejam dissipadas.

MSN

Tags:
NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

VÍDEO!

Diário esportivo fala sobre os craques da Copa do Mundo e o futebol amador da cidade de Cajazeiras