header top bar

section content

Confusão: Presidentes de Sousa e CSP discutem e quase brigam após jogo. Vídeo!

O clima ficou tão quente que os dois quase chegaram às vias de fato e a situação só foi contornada após a intervenção de outras pessoas

Por

27/02/2014 às 10h29

Confusão após o jogo do CSP e Sousa (Foto: reprodução Globooesporte)

Discussão pesada entre dirigentes no estacionamento do Estádio Amigão após o empate entre CSP e Sousa nesta quarta-feira. Tudo começou quando o mandatário do Dinossauro, o sempre polêmico Aldeone Abrantes, disparou uma série de críticas contra a arbitragem da partida realizada em Campina Grande. Visivelmente incomodado com a situação, o presidente do Tigre, Josivaldo Alves, retrucou as acusações e disse que ele, Aldeone, sempre tentava favorecer sua equipe na base da pressão, com reclamação contra a arbitragem (veja no vídeo ao lado como foi a confusão).

O clima ficou tão quente que os dois quase chegaram às vias de fato e a situação só foi contornada após a intervenção de outras pessoas, inclusive membros das duas delegações, que acompanhavam a discussão. Após os ânimos terem se acalmado, Aldeone disse que existe uma "conspiração" para que o Sousa não chegue à próxima fase do Campeonato Paraibano.

– O problema é que tem time aqui na Paraíba que é usado como laranja. Com o Sousa não acontece isso. Quando a gente entra em uma disputa de fase final, a gente entra para ganhar. E por isso tem muita gente que não quer que o Sousa passe de fase. Por isso que o futebol da Paraíba está do jeito que está. A culpa é de quem manipula a tabela para que a gente vá jogar o último jogo contra o Atlético lá em Cajazeiras sendo que esse jogo já podia ter acontecido. Aí quando a gente vem reclamar falam que Aldeone Abrantes é polêmico – comentou o presidente sertanejo.

Josivaldo retruca
Pelo lado do CSP, Josivaldo Alves disse que a prática do colega sertanejo é intimidar a arbitragem para, dessa maneira, fazer com que seu time seja favorecido nas partidas do estadual.

– Não sei se a arbitragem errou. E se errou, ele (Aldeone) tem todo o direito de reclamar. Mas o problema é que todo mundo já sabe da pressão que o Sousa faz, principalmente em cima de arbitragem. Quando nós fomos jogar lá, tivemos vários lances a nosso favor que não foram marcados pela arbitragem e mesmo assim ninguém fez uma confusão dessa. Chega uma hora que a gente não aguenta. Eles pressionam e se o árbitro não faz o que eles querem, ficam fazendo essas situações para criar um medo quando os árbitros forem para lá – disse Josivaldo.

A bronca da diretoria sousense ficou por conta de dois lances já no segundo tempo da partida. No primeiro, a reclamação foi sobre uma suposta agressão contra um jogador do Dinossauro, que não foi registrada pelo árbitro Antônio Umbelino. O outro lance foi um pênalti não assinalado para o Sousa quando a partida chegava aos 40 minutos da etapa complementar. 

Com as polêmicas fora das quatro linhas, CSP e Sousa ficaram no empate por 0 a 0 e mantiveram suas posições na tabela de classificação do Campeonato Paraibano. O Dinossauro é o líder da competição estadual, agora com 24 pontos conquistados, enquanto o Tigre aparece em segundo lugar, com 23..

Assista abaixo!

Fonte: Globoesporte

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!