header top bar

section content

Em um dos últimos testes antes da Copa, Brasil vence Coréia do Sul por 2 a 0

O Brasil venceu mais uma e vai, cada vez mais, formando o grupo para o mundial do ano que vem

Por

12/10/2013 às 10h00

Com mais uma vitória, o Brasil vai traçando seu caminho para a Copa de 2014. Dessa vez, Neymar e Oscar marcaram no triunfo sobre a Coréia so Sul por 2 a 0. A seleção brasileira jogou bem e apresentou uma melhora na etapa complementar, mas, com um placar administrável, caiu de ritmo nos minutos finais.

Brasil e Coréia do Sul fizeram um jogo mais disputado do que o esperado. Com ampla posse de bola, a seleção canarinho controlou o meio campo, mas ficou exposta aos contra-ataques dos mandantes.

Com 13 minutos, a primeira oportunidade de gol brasileira. Hulk tabelou com Jô, saiu na cara do gol, mas Jung fechou o ângulo e fez grande defesa. Em novas investidas, Neymar deixou Oscar em boas condições, mas o meia foi travado na hora certa pela zaga.

Aos 24, foi a vez de Oscar arriscar de fora da áre e a bola subir um pouquinho demais. O jogo começou a esquentar. Com entradas duras em Ney, os coreanos estimularam a revolta do brasileiros e Marcelo chegou a acertar um tapa na cara do adversário.
Já caminhando para o fim da etapa, mais uma falta sobre o camisa 10. O próprio Neymar cobrou com efeito e contou com ajuda de Jung para abrir o placar e dar o recado que precisava aos donos da casa.

Seleção volta a balança a rede
Na volta do intervalo, o Dante assustou recuando uma bola perigosa para Jefferson e a Coréia quase aproveitou. Entretanto, foi o Brasil quem ampliou. Paulinho deu lindo passe para Oscar, entre a zaga, e o meia só teve que tirar o goleiro para marcar.

Aos 14, a seleção brasileira voltou a ameaçar com o jogo aéreo. Confusão na área e Luiz Gustavo cabeceou consciente. Young Lee tirou em cima da linha. Os coreanos responderam da mesma maneira. Kook-Young testou com muito perigo.

Com uma vantagem considerável, Felipão começou a testar outros jogadores e a administração do resultado foi notada. O confronto caiu um pouco de produção, mas ainda reservou tentativas de lances agudos por parte da Coréia do Sul.

O Brasil venceu mais uma e vai, cada vez mais, formando o grupo para o mundial do ano que vem. Terça-feira, a seleção tem outro amistoso, contra a Zâmbia, na China.

​O Gol

Tags:
ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ