header top bar

section content

Flamengo faz três gols em 23min, goleia Criciúma e se afasta da zona da degola

Treinador pede pés no chão, mas diz que time está caminhando cada vez mais para se afastar da zona da degola

Por

30/09/2013 às 08h33

A apreensão que tomava conta de torcedores, jogadores e comissão técnica do Flamengo antes do jogo deste domingo não durou muito tempo. Com três gols nos 23 minutos iniciais – e mais um no segundo tempo -, o Rubro-negro goleou o Criciúma por 4 a 1 de maneira tranquila, no Maracanã, e se afastou da temida zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Hernane, duas vezes, Wallace e Elias garantiram a vitória carioca; Daniel Carvalho descontou para os visitantes.

Pelo lado catarinense, o jogo que poderia significar a fuga da zona da degola aumentou o drama. Com a derrota fora de casa, o Criciúma "estacionou" nos 25 pontos e completou sete jogos sem saber o que é vencer, amargando a 17a colocação na competição. O Flamengo subiu para o 15o lugar e agora tem 30 pontos, cinco a mais que o primeiro time do rebaixamento.

Aproveitando o incentivo do bom público que compareceu ao estádio, o Flamengo mostrou disposição para resolver a partida logo no início. Após duas boas chances, Hernane abriu o placar aos 4min; o atacante aproveitou uma falha da defesa do Criciúma dentro da área após cobrança de escanteio e escorou para o fundo das redes.

Aos 17min, em lance muito parecido, foi a vez de Wallace mostrar oportunismo e ampliar. Em novo erro dos catarinenses em bola levantada na área, o zagueiro rubro-negro aproveitou a bola que sobrou e tocou para o gol.

Com a desvantagem, o Criciúma ainda tentava se recuperar e chegava ao ataque em lances de velocidade com Lins e Wellington Paulista. No entanto, aos 23min, um novo gol do Flamengo praticamente definiu a partida. Hernane aproveitou chute errado de André Santos, recebeu na área e foi derrubado pelo goleiro Helton Leite, sofrendo pênalti; o próprio atacante cobrou e fez 3 a 0. No mesmo lance, o arqueiro visitante foi expulso.

Com um jogador a menos, a situação ficou ainda mais delicada, mas o Criciúma não se entregou. E também de pênalti, reduziu o prejuízo antes do intervalo. Aos 49min, Daniel Carvalho marcou no lance que ainda teve o goleiro Felipe expulso.

Na volta para o segundo tempo, o Flamengo não manteve o ritmo da primeira etapa e viu o Criciúma, novamente, partir para cima. A falta de pontaria dos catarinenses – duas bolas na trave – e os erros no último passe, porém, impediam que a reação se transformasse em gol.

E se os catarinenses não marcaram nas poucas chances que tiveram, os cariocas trataram de aproveitar. Aos 32min, Paulinho tentou uma bicicleta dentro da área e a bola sobrou para Elias, que tocou com categoria para o gol, fazendo 4 a 1 e dando números finais à goleada do Flamengo no Maracanã.

Uol

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares