header top bar

section content

Vasco mete dois e rebaixa o Avaí. Veja!

Cariocas chegam aos 65 pontos, um a mais que o Corinthians, que pega o Atlético-MG neste domingo. Após três anos, catarinenses voltam para a Série B

Por

20/11/2011 às 12h48

Depois de um primeiro tempo tenso, o Vasco controlou a ansiedade e fez dois gols na segunda etapa – Felipe e Elton – para vencer o Avaí por 2 a 0, neste sábado, em São Januário, em duelo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado diante de 16.296 torcedores pagantes, 19.834 presentes e renda de R$ 597.900,00, o time carioca chega aos 65 pontos, e assume provisoriamente a liderança da competição, com um jogo a mais que o Corinthians, que neste domingo enfrenta o Atlético-MG, no Pacaembu. A derrota sacramenta o rebaixamento do Avaí, último colocado com 30 pontos, que volta para a Série B depois de três anos na elite do futebol brasileiro.

Na próxima rodada, o Vasco tem o clássico com o Fluminense, domingo, no Engenhão, enquanto o Avaí visita o Coritiba, no mesmo dia, no Couto Pereira.

Sob os olhares dos jornalistas William Bonner e Fátima Bernardes, que assistiram ao jogo ao lado do presidente Roberto Dinamite, o Vasco tomou a iniciativa do jogo, partindo para cima para tentar abrir o placar o mais cedo possível. No entanto, esbarrou num Avaí bem postado atrás e com muita vontade. Quando a bola passava pela defesa, o goleiro estreante Marcelo Moretto fazia defesas em sequência, para desespero dos torcedores vascaínos, cada vez mais ansiosos.

felipe
Felipe comemora golaço contra o Avaí, o primeiro do Vasco no duelo (Foto: Maurício Val / Fotocom.net)
 

A vontade do Vasco virou afobação em alguns momentos. Faltava o último passe, aquele para deixar o companheiro na cara do gol. Com Diego Souza como um terceiro atacante, aos poucos o time passou a encontrar a sua melhor maneira de agredir o adversário, com jogadas de linha de fundo em que Diego era acionado na área: em duas oportunidades o meia-atacante recebeu e fuzilou para a defesa de Moretto.

Avaí tem jogador expulso aos 20 minutos do primeiro tempo

O goleiro também fez grande defesa em chutão de Fágner, que subiu como um raio pela direita, mas uma das grandes armas do Vasco se encontrava pra lá de desequilibrada: em três oportunidades de cobrar falta na entrada da área, Juninho Pernambucano não mostrou a velha categoria, mandando na barreira.

O Avaí buscava os contra-ataques, mas logo viu sua luta ficar muito mais complicada com a expulsão de Júnior Urso, aos 20 minutos, ao receber dois cartões amarelos por faltas perto da área. Com um jogador a menos, o Avaí recuou, ainda mais com a entrada do volante Marcos Paulo na vaga do meia Cleverson. No intervalo, o meia-atacante Lincoln foi substituído pelo lateral Daniel.

Felipe abre o placar com golaço

Empurrado pela torcida, os vascaínos foram com tudo ao ataque. Dedé se transformou num ponta-direita, com bons cruzamentos. Mas a zaga do Avaí tinha sucesso nos cortes. Faltava um toque de experiência, qualidade e tranquilidade para tirar o zero do placar. Faltava. Aos cinco minutos, Felipe recebeu de Juninho na entrada da área, deu um drible curto, lembrança dos tempos de futsal, e mandou com a parte externa do pé no ângulo, para fazer 1 a 0 e enlouquecer os vascaínos.

Felipe teve o seu nome gritado pela torcida não só pelo gol, mas pelos ótimos passes que dava em sequência, um deles para Juninho concluir para a defesa de Moretto. O Vasco martelava e subia com muitos jogadores, enquanto o Avaí saía com extrema dificuldade e acabava facilmente desarmado.

Bernardo entra e dá assistência para gol

Apesar da fragilidade do adversário, o Vasco sabia que precisava do segundo gol para ficar tranquilo. Aos 20 minutos, Éder Luís deixou o campo, com dores no pé esquerdo, e Bernardo entrou para, logo na sua primeira jogada, cruzar na cabeça de Elton, que testou sem defesa para Moretto: 2 a 0.

Mesmo com boa vantagem, Cristóvão manteve o caráter ofensivo do time vascaíno, com a entrada de Alecsandro na vaga de Diego Souza. Pouco depois, Juninho deixou o campo para a entrada de Allan. O Avaí não tinha mais forças para reagir, enquanto os vascaínos passaram a trocar passes para desfrutar a vitória. O dever de casa foi feito, os três pontos foram conquistados, e o Vasco segue firme na briga pelo título. Ao Avaí, resta recomeçar.

GLOBOESPORTE.COM

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula