header top bar

section content

Onze são presos por usar calça caída na Flórida

Preocupada com a "banalização" do uso de calças largas que deixam cuecas à mostra, a polícia de Riviera Beach (Flórida, EUA) reforçou a fiscalização no último mês. O resultado, até agora, são 11 pessoas presas. Segundo as autoridades, os infratores têm entre 18 e 36 anos. As penas começam em US$ 150 em multa e […]

Por

12/09/2008 às 17h49

/Preocupada com a "banalização" do uso de calças largas que deixam cuecas à mostra, a polícia de Riviera Beach (Flórida, EUA) reforçou a fiscalização no último mês. O resultado, até agora, são 11 pessoas presas.

Segundo as autoridades, os infratores têm entre 18 e 36 anos. As penas começam em US$ 150 em multa e chegam a até 30 dias de prisão – no caso dos reincidentes

O uso de calças baixas na Flórida é considerado "ilegal" quando deixa à mostra mais de 5 cm das roupas íntimas.

Cidades da Flórida e outras do sul dos Estados Unidos pretendem transformar em fora-da-lei aquilo que muitos adolescentes consideram fashion: calças largas, que chegam ao meio do traseiro e deixam à mostra as roupas íntimas, quando não um bom pedaço do corpo

Em março de 2008, a Flórida determinou a suspensão de estudantes que insistirem em usar calças baixas nas escolas.

"Tudo o que fazemos agora é tentar informar ao pessoal que há uma moda hoje que não tem uma origem muito boa", disse o senador Gary Siplin à época.

G1

Tags:
"TRAÍRA"

EXCLUSIVO: Rosilene rompe o silêncio, se solidariza com portais, diz estar arrependida em apoiar Amadeu na FPF e pede desculpas aos clubes

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus recebe os adoradores por excelência da Igreja Luz da Vida; Veja!

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na Tv recebe Guilherme Costa e Pisada do Chefe de Joca Claudino – PB; Confira!

EX-REITOR DA UFCG

VÍDEO: Thompson Mariz quer Ricardo no Senado e confirma João Azevedo para governador: “Não tem plano B”